Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.735,01
    -3.050,99 (-2,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.020,05
    -278,15 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,53
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.786,70
    +4,80 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    62.651,52
    -2.965,96 (-4,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.488,95
    -45,70 (-2,98%)
     
  • S&P500

    4.549,78
    +13,59 (+0,30%)
     
  • DOW JONES

    35.603,08
    -6,26 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.190,30
    -32,80 (-0,45%)
     
  • HANG SENG

    26.017,53
    -118,49 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.759,95
    +51,37 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    15.410,25
    -68,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5797
    -0,0013 (-0,02%)
     

Universal Music estreia em grande estilo na Bolsa de Amsterdã

·2 minuto de leitura
A Bolsa de Amsterdã, em 7 de abril de 2021 (AFP/John Thys)

A maior gravadora do mundo, Universal Music Group (UMG), fez uma grande estreia nesta terça-feira (21) na Bolsa de Amsterdã, com uma avaliação de mais de 45 bilhões de euros (52,8 bilhões de dólares).

O bilionário francês Vincent Bolloré assumiu o controle do UMG por meio da Vivendi em 2014. A Universal tem sede em Santa Monica, perto de Los Angeles, nos Estados Unidos, e superou a crise do MP3 e da pirataria musical para se reinventar, obtendo bilhões de dólares de receita com o streaming.

A Universal possui os célebres estúdios de Abbey Road, que registraram gravações dos Beatles e muitos anos depois de Lady Gaga, Kanye West e Amy Winehouse; da EMI Records, que tem Justin Bieber, Keith Richards e Metallica; e da Capitol Records, com Katy Perry e Paul McCartney. Bob Dylan se uniu no ano passado ao catálogo da gravadora.

Ao considerar que se tratava de um momento oportuno, Bolloré decidiu abrir o capital da Universal este ano e distribuir 60% das ações aos acionistas existentes da Vivendi - incluindo ele mesmo.

As ações da Universal fecharam o dia na bolsa a 25,10 euros (29,4 dólares), 35,68% acima de seu preço de lançamento, estabelecido em 18,50 euros na noite de segunda-feira.

Este preço de referência inicial deveria levar a avaliação a quase 33,5 bilhões de euros, mas a cotação atual elevou para mais de 45 bilhões de euros (53,34 bilhões de dólares).

Ao mesmo tempo, o preço das ações da Vivendi, cotadas na bolsa de Paris, caiu 19,42% até 10,5 euros (12,30 dólares). O grupo possui agora apenas 10,13% do capital da UMG.

A queda de valorização da gigante da mídia era esperada, mas agora terá que demonstrar sua capacidade de prescindir de sua maior e mais rentável filial.

A Universal, a maior filial do setor, à frente de Sony e Warner, representou 92,6% dos lucros líquidos da Vivendo no primeiro semestre, ou seja, 452 milhões de euros (US$ 529 milhões) de um total de 488 milhões de euros (572 milhões de dólares).

bur-fs-pan/ico/ngu/rsc/me/mar/aa/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos