Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.663,25
    -2.153,00 (-5,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    887,89
    -52,06 (-5,54%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Uniswap (UNI) é aposta de ETF cripto brasileiro após queda de 30%

·2 minuto de leitura

A Hashdex anunciou a inclusão da Uniswap (UNI) e da Filecoin (FIL) ao primeiro ETF de criptomoedas a estrear na bolsa brasileira.

A inclusão das criptomoedas ocorre por conta de uma atualização trimestral do Nasdaq Crypto Index, índice usado como referência para o fundo e desenvolvido pela Hashdex em parceria com a bolsa de valores dos Estados Unidos.

Agora, o ETF Hashdex Nasdaq Crypto Index Fundo de Índice (HASH11) passa a seguir um índice composto por oito criptoativos. Além de UNI e FIL, estão presentes:

“O Uniswap já era um ativo que tinha uma representatividade alta em relação aos outros criptoativos do mercado, mas recentemente ele passou a ser suportado por mais custodiantes institucionais e exchanges que estão dentro da lista de exchanges acompanhadas pela Nasdaq, critério exigido pelo NCI”, justifica Samir Kerbage, CTO da Hashdex.

A inclusão das duas moedas pode ajudar a impulsionar o desempenho do HASH11, que chegou a cair mais de 20% no último mês devido às quedas gerais vistas no mercado de criptoativos.

Devido ao recuo dos mercados, o ETF não tem conseguido ser lucrativo para os seus investidores por enquanto. Em seu primeiro dia de negociação na B3, no dia 26 de abril, o HASH11 abriu o pregão com cotas a R$ 52, e encerrou na última segunda-feira (31) a R$ 36,20 – uma queda de aproximadamente 30%.

Uniswap e Filecoin

uniswap
uniswap

Uniswap e Filecoin estão conseguindo desempenhar em patamares acima do Bitcoin no ano. Apesar de terem também sofrido com a correção vista em maio, a UNI ainda acumula uma alta acima dos 400% em 2021, enquanto a FIL rendeu mais de 230% para os seus detentores este ano, segundo dados do agregador CoinGecko.

A Uniswap ainda tem conseguido êxito cada vez maior em adoção de novos usuários, quebrando recordes de volumes financeiros em exchanges descentralizadas (DEX).

HASH11 na bolsa de valores

O HASH11 tem conseguido grande sucesso na bolsa de valores brasileira. O ETF, que é o primeiro do seu tipo totalmente voltado para criptoativos, atraiu mais de 30 mil investidores antes do seu lançamento oficial.

Atualmente, o fundo possui mais de R$ 1,3 bilhão em alocação, que foram investidos por mais de 80 mil cotistas. Com isso, ele passou a figurar como o terceiro maior ETF de toda a bolsa brasileira.

Dessa maneira, apesar do baixo desempenho desde o lançamento, o HASH11 registra números expressivos na B3.

O artigo Uniswap (UNI) é aposta de ETF cripto brasileiro após queda de 30% foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos