Mercado abrirá em 5 h 13 min
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,10
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.815,20
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    38.797,23
    +1.062,30 (+2,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    960,08
    +33,32 (+3,60%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.118,08
    -5,78 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.208,50
    -218,05 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.087,50
    +14,00 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1463
    +0,0280 (+0,46%)
     

Unilever investirá 1 bilhão de euros em fundo dedicado à mudança climática até 2039

·1 minuto de leitura

A Unilever investirá 1 bilhão de euros em um fundo dedicado a projetos de mudanças climáticas e redução de emissões de gases de efeito estufa até 2039. Nos próximos três anos, a meta da fabricante de bens de consumo anglo-holandesa é ter uma cadeia livre de desmatamentos. Marc Engel, diretor da cadeia de suprimentos da Unilever, disse que a companhia quer reduzir de forma absoluta as emissões de gases de efeito estufa, não apenas o foco na compensação. “[...] Temos a escala e a determinação para que isso aconteça”, afirmou o executivo em nota à imprensa. Dona do lava-roupas Omo, da maionese Hellmann’s e do sabonete Dove, a Unilever se comprometeu a capacitar uma nova geração de agricultores e pequenos produtores para proteger e regenerar o meio ambiente. “Introduziremos um novo Código de Agricultura Regenerativa para todos os nossos fornecedores, com base no nosso código de agricultura sustentável existente.” Entre as ações que serão adotadas está o manejo da água em 100 locais com estresse hídrico no período de dez anos e a adesão à entidade “2030 Water Resources Group”, uma parceria da sociedade civil e de empresas privadas organizada pelo Banco Mundial. “A crise climática não é apenas uma emergência ambiental; também tem um impacto terrível nas vidas e nos meios de subsistência. Portanto, temos a responsabilidade de ajudar a enfrentar a crise: como negócio, e através da ação direta de nossas marcas”, afirmou Alan Jope, presidente global da Unilever, no comunicado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos