Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    36.249,42
    -2.622,88 (-6,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Unidade de computação em nuvem da Amazon lança novos chips para competir com Intel e Nvidia

·1 min de leitura
Logo da Amazon em depósito

Por Stephen Nellis

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A empresa de computação em nuvem da Amazon.com anunciou nesta terça-feira dois processadores projetados para superar a performance de custo apresentada por chips de Intel e Nvidia.

Com faturamento de 45,37 bilhões de dólares em 2020, a Amazon Web Services (AWS) é a maior fornecedora de serviços de computação em nuvem do mundo e uma das maiores compradoras de chips para centrais de dados, cujo poder de processamento a AWS aluga para seus clientes. Desde que comprou uma startup chamada Annapurna Labs em 2015, a AWS tem trabalhado para desenvolver seus próprios processadores.

Nesta terça-feira, a companhia apresentou a terceira geração do chip "Graviton", projetado para competir com processadores da Intel e da AMD. O "Graviton3" é 25% mais rápido que seu predecessor e o vice-presidente da Amazon, Dave Brown, afirmou que a companhia espera que o processador apresente uma performance melhor por dólar que os chips da Intel.

A AWS também anunciou que uma nova classe do chip Trainium, projetado para treinar modelos de aprendizado de máquina e que vai competir contra chips da Nvidia, estará disponível em breve para os clientes. A AWS espera que o chip permita uma redução de 40% no custo de treinamento de modelos de aprendizagem de máquina que o principal processador da Nvidia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos