Mercado abrirá em 4 h 2 min
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,28
    -0,46 (-0,58%)
     
  • OURO

    1.652,60
    -3,00 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    19.226,28
    +140,31 (+0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    439,94
    -4,59 (-1,03%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.007,34
    -11,26 (-0,16%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.381,75
    +5,00 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0738
    -0,0238 (-0,47%)
     

União Europeia analisa possível regulação para o metaverso

·1 min de leitura
Comissariado do órgão multilateral aguarda a análise do ambiente virtual por seus pares e espera retorno dos usuários. (REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)
Comissariado do órgão multilateral aguarda a análise do ambiente virtual por seus pares e espera retorno dos usuários. (REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)
  • UE estuda legislações e ações necessárias para regular o metaverso;

  • Há dois principais metaversos, o Decentraland e o The Sandbox;

  • Metaverso gera lucro para empresas que investem em terrenos e ações no ambiente digital.

A União Europeia analisa o metaverso e legislações necessárias para regular o ambiente virtual. A intensão foi declarada pela vice-presidente executiva da Comissão Europeia, Margrethe Vestager, em um evento online nesta semana.

“O metaverso já está aqui. É claro que estamos analisando qual seria o papel do regulador e da nossa legislatura”, explicou Vestager. Segundo a representando da UE as autoridades precisam entender melhor o ambiente digital e seus usos para que o estado possa atuar na fiscalização.

Leia mais:

“Tudo o que fazemos deve ser baseado em dados e informações. Precisamos compreender [o metaverso] antes de decidir as ações adequadas”, acrescentou a vice-presidente executiva.

O metaverso é um ambiente digital onde empresas podem desenvolver empreendimentos e pessoas podem se conectar e realizar atividades. O diferencial do metaverso é sua experiência imersiva, onde o usuário se sente dentro do cenário virtual.

Os metaversos mais populares são o Decentraland e o The Sandbox. O universo meta ganhou notoriedade no ano passando quando a empresa de Mark Zuckerberg deixou o nome 'Facebook' e adotou 'Meta' como uma virada de chave para se conectar a esse novo mercado.

O metaverso utiliza criptoativos em suas transações e gera lucro em seus investidores. Terrenos nos metaversos são difíceis de serem adquiridos, pois são limitados e custam caro. A produção e comercialização de NFTs também ocorro nesses ambientes virtuais.

Com informações de InfoMoney.