Mercado abrirá em 9 h 6 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,99
    +0,38 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.796,80
    +3,70 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    36.929,36
    +935,50 (+2,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    834,68
    +15,17 (+1,85%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.507,33
    -299,67 (-1,26%)
     
  • NIKKEI

    26.720,06
    +549,76 (+2,10%)
     
  • NASDAQ

    14.138,25
    +151,50 (+1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0287
    +0,0047 (+0,08%)
     

Uma palhaça e uma orquestra: maestrina mexicana leva amor pela música ao palco

·1 min de leitura
Artista Gabriela Muñoz no palco durante apresentação de orquestra

Por Marie-Louise Gumuchian

LONDRES (Reuters) - A maestrina mexicana Alondra de la Parra espera atrair plateias com seu amor pela música clássica por meio de uma nova apresentação multidisciplinar na qual combina uma palhaça e uma orquestra no palco.

De la Parra, que já regeu mais de 100 orquestras, incluindo a London Philharmonic e a Orchestre de Paris, adota um novo formato em "O Silêncio do Som" e coloca os músicos no palco, ao invés do fosso.

Usando peças clássicas, a orquestra desempenha um papel central na narrativa enquanto a palhaça busca a realização.

"As histórias que contamos neste espetáculo são só algumas das muitas histórias possíveis que se pode imaginar ouvindo música clássica", disse De la Parra à Reuters.

"Esperamos alcançar um público maior para que eles se apaixonem pela orquestra, e também dar algum consolo, sonhos, imaginação e arte neste período de tempo difícil em que vivemos".

Juntamente com a música, a palhaça mexicana Gabriela Muñoz, que não fala durante a apresentação, interage com projeções visuais, como pássaros em voo.

"Minha personagem é uma personagem que já interpreto há muitos anos", contou.

"Nós a colocamos nesta situação na qual ela embarca em uma jornada visual, melódica e emocional para se encontrar afinada à música, ou na verdade, para encontrar sua música interior, que lhe permite dançar ao seu próprio ritmo, como somos capazes de fazer".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos