Mercado abrirá em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    106.858,87
    +1.789,18 (+1,70%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.605,56
    +8,27 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,24
    +1,75 (+2,52%)
     
  • OURO

    1.779,10
    -0,40 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    51.350,30
    +3.946,46 (+8,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.329,52
    +69,36 (+5,50%)
     
  • S&P500

    4.591,67
    +53,24 (+1,17%)
     
  • DOW JONES

    35.227,03
    +646,95 (+1,87%)
     
  • FTSE

    7.314,98
    +82,70 (+1,14%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.110,00
    +267,25 (+1,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4259
    +0,0023 (+0,04%)
     

Uefa alerta Fifa para "consequências terríveis" de insistência em Mundial bienal

·1 min de leitura
Presidente da Uefa, Aleksander Ceferin

Por Simon Evans

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) - O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, alertou o comandante da Fifa, Gianni Infantino, a não levar adiante uma votação sobre um plano de uma Copa do Mundo bienal, dizendo que tal medida teria "consequências terríveis".

O Conselho da Fifa está se reunindo nesta quarta-feira, e os planos de um novo calendário internacional de partidas que inclui um Mundial a cada dois anos estão na pauta.

A Fifa pretende ter uma decisão sobre a proposta até dezembro, e fontes indicam que a entidade pode realizar uma votação em uma "cúpula global" de todas as 211 associações filiadas no dia 20 de dezembro.

Uma decisão sobre a realização de um congresso extraordinário ou uma cúpula com votos sobre a proposta poderia ser tomada pelo conselho nesta quarta-feira, mas a Uefa é fortemente contra a ideia.

Na terça-feira, Infantino participou de uma teleconferência com as 55 federações nacionais da Uefa, e a proposta foi alvo de crítica e rejeição generalizadas.

A Reuters ouviu uma gravação da reunião, na qual Ceferin pediu a Infantino que desista de levar a questão a voto em dezembro.

"Estou pedindo seriamente a você e à Fifa que não forcem a votação, porque isto poderia ter consequências terríveis para o futebol em geral."

Tiago Craveiro, presidente-executivo da Federação Portuguesa de Futebol, disse que uma ideia melhor seria uma Copa do Mundo extra só com seleções que não se classificaram para a edição anterior. Infantino disse que a ideia seria estudada e pediu a busca por um consenso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos