Mercado abrirá em 2 h 26 min

UE vai incluir Panamá e Ilhas Cayman em lista de paraísos fiscais

(Arquivo) Vista do centro financeiro da Cidade do Panamá

Os 27 países-membros da União Europeia (UE) incluirão o Panamá e o território britânico caribenho Ilhas Cayman em sua lista de paraísos fiscais, informaram fontes em Bruxelas nesta quinta-feira à AFP, duas semanas após o Brexit.

O Panamá, que foi retirado da lista suja da UE em 2018 após se comprometer com as reformas, retorna porque não atendeu a certos critérios, de acordo com essas fontes.

As Ilhas Cayman são especialmente criticadas por terem uma legislação que facilita o estabelecimento de estruturas extraterritoriais.

Atualmente, existem oito países ou jurisdições na lista suja da UE: Samoa Americana, Fiji, Guam, Omã, Samoa, Trinidad e Tobago, Ilhas Virgens Americanas e Vanuatu.

As sanções para os países desta lista são bastante limitadas, pois é planejado congelar os fundos europeus que poderiam te recebido.