Mercado fechado

UE planeja decidir ação econômica coordenada contra coronavírus

Por Jan Strupczewski

Por Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) - Os ministros de Finanças da União Europeia planejam definir nesta segunda-feira uma resposta econômica coordenada contra a pandemia de coronavírus, com a Comissão Europeia prevendo que os efeitos do vírus podem levar o bloco a uma recessão.

A ação será uma intensificação coordenada da resposta da UE - até agora composta por uma variedade de medidas nacionais por seus 27 governos membros e uma suspensão de quaisquer limites da UE aos gastos dos governos nacionais, se relacionados à epidemia.

"Nosso Eurogrupo de segunda-feira será dedicado à resposta ao Covid-19", disse no Twitter o presidente do Eurogrupo, Mario Centeno. "A maior parte da ação política inicial está nas capitais, mas levarei nosso grupo a concordar com uma resposta abrangente e coordenada da política econômica da UE a esta crise da saúde", afirmou.

Com o coronavírus agora colocando setores inteiros da economia fora de ação, a Comissão Europeia disse na sexta-feira que a UE e a zona do euro provavelmente entrarão em recessão este ano, apesar de ter previsto apenas um mês antes que a zona do euro teria crescimento de 1,2% em 2020 e 2021.

O Banco Central Europeu, que adotou medidas próprias na semana passada, instou os governos da zona do euro a montarem uma resposta fiscal ambiciosa e coordenada - até agora inexistente.


(Reportagem de Jan Strupczewski)