Mercado abrirá em 3 h 17 min

UE eleva para "moderado a alto" o risco do novo coronavírus

Os governos estão lutando para conter o vírus mortal, que continua a se espalhar para novos países, provocando temores sobre o impacto econômico global

O nível de risco vinculado ao novo coronavírus passou para "moderado a alto" para os cidadãos da União Europeia (UE), anunciou nesta segunda-feira o Centro Europeu para a Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, na sigla em inglês).

Em sua mais recente avaliação anunciada em seu site, o organismo classifica o risco atual na categoria "de moderado a alto". Pouco antes, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apontou o aumento de risco para o nível "alto".

"Em outros termos, o vírus continua se propagando", disse a presidente do Executivo comunitário em uma entrevista coletiva ao lado dos comissários da Saúde, Stella Kyriakides, e da Economia, Paolo Gentiloni.

Kyriakides afirmou que o balanço atualizado da UE mostra 2.100 casos confirmados em 18 países e 38 mortos. A Itália registrou o maior número de vítimas fatias (35, de acordo com o ECDC).

Os países do bloco "enfrentam vários desafios vinculados à epidemia de COVID-19". A Itália, com 1.700 casos de contágio, "enfrenta uma situação diferente a dos demais", disse a comissária.