UE diz que reformas na Grécia avançaram

Os esforços de reforma na Grécia avançaram, mas há mais trabalho a fazer diante dos muitos desafios que Atenas tem pela frente, comentou a força-tarefa da Comissão Europeia para o país, em relatório trimestral divulgado hoje.

Segundo a força-tarefa, a assistência técnica concedida aos gregos perdeu ritmo entre março e junho, quando ocorreram duas eleições parlamentares no país, mas a cooperação com Atenas foi ampliada desde que o novo governo foi nomeado.

"A Grécia enfrenta muitos desafios. Amplas e profundas reformas estruturais são necessárias para estabelecer a base do crescimento estimulado pela iniciativa empresarial. Esse nível de transformação vai exigir tempo e esforço sustentado das autoridades gregas, com o apoio de seus parceiros europeus", disse a força-tarefa no documento.

A força-tarefa, criada em julho de 2011 e que envolve missões de curto prazo de vários países da União Europeia, identifica e coordena a assistência técnica que a Grécia necessita para cumprir os compromissos de seu programa de ajuste e acelerar o uso de recursos da UE. A ajuda tem como principal objetivo aumentar a competitividade, o crescimento e o nível de emprego no país.

O relatório também comenta que a Grécia tem mostrado seu comprometimento em várias áreas, incluindo os de reforma tributária e de combate à corrupção. As informações são da Dow Jones.

Carregando...