Mercado abrirá em 3 mins

UE considera mais ações para controlar preços da energia e corrigir aperto de liquidez

Bandeiras da União Europeia do lado de fora da sede da Comissão Europeia em Bruxelas

Por Kate Abnett

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia está trabalhando em mais medidas para domar os preços altíssimos do gás e apoiar as empresas de energia que enfrentam uma crise de liquidez, e pode apresentar seus planos aos países da UE na próxima semana.

Na semana passada, o órgão executivo da União Europeia propôs medidas emergenciais de energia, incluindo impostos sobre lucros inesperados de empresas de energia em todo o bloco. Os países da UE estão agora negociando as propostas e pretendem aprová-las em uma reunião de ministros da UE em 30 de setembro.

Enquanto essas negociações estão acontecendo, a Comissão pretende publicar uma atualização em 28 de setembro sobre outras medidas que está explorando, disseram autoridades da UE.

Este plano não incluirá propostas legais, disseram as autoridades. Em vez disso, cobrirá opções que a UE poderia usar para combater os altos preços do gás --inclusive o lançamento de uma alternativa a preço de referência holandês de gás Title Transfer Facility (TTF), disse a Comissão.

A UE também planeja ajudar as empresas que enfrentam crescentes necessidades de garantias, disseram as autoridades, já que os altos preços da energia deixaram companhias de energia lutando para encontrar enormes quantias de dinheiro atualmente necessárias para garantir seus negócios.

Bruxelas disse que está procurando alterar os requisitos de garantia nos mercados de energia ou limitar a volatilidade dos preços intradiários, como formas de aliviar essa crise de liquidez.

A UE recuou de um teto para o preço do gás nas últimas semanas, e a ideia continua controversa entre os países do bloco. Alguns, como a Itália, querem um teto de preço para as importações de gás via gasoduto, enquanto a Alemanha está entre os que alertam que um teto de preço pode tornar mais difícil para os países atraírem o combustível necessário neste inverno.

(Por Kate Abnett)