Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.143,23
    -293,06 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Ucrânia sofre maior contração econômica na era independente devido à guerra

Ucranianos fogem da guerra pela Romênia, em Siret

Por Olena Harmash

KIEV (Reuters) - A Ucrânia sofreu a maior contração econômica em mais de 30 anos em 2022 por causa da guerra com a Rússia, mas disse que a ajuda externa e o "espírito indestrutível" de seu povo ajudaram a evitar um cenário ainda pior.

Dados preliminares do Ministério da Economia nesta quinta-feira mostraram uma queda de 30,4% no Produto Interno Bruto no ano passado, e analistas econômicos disseram que os riscos e a incerteza permanecem altos, especialmente se a Rússia continuar a atacar infraestrutura crítica na Ucrânia.

A ministra da Economia, Yulia Svyrydenko, descreveu o declínio do PIB como o maior em qualquer ano desde que a Ucrânia conquistou a independência da União Soviética em 1991, mas disse que a queda foi menor do que o esperado.

"Em 2022, a economia ucraniana sofreu as maiores perdas e danos em toda a história da independência, infligidas pela Federação Russa", disse Svyrydenko, que também é primeira vice-premiê, em comunicado.

"O sucesso das forças de defesa da Ucrânia nas linhas de frente, o trabalho coordenado do governo e das empresas, o espírito indestrutível da população e a velocidade de reconstrução de unidades de infraestrutura crítica danificadas, e também o apoio financeiro sistêmico de doadores internacionais permitiram nos manter na frente econômica e continuar nossa movimentação em direção à vitória".

A economia da Ucrânia é voltada para a exportação, mas elas caíram desde a invasão da Rússia em 24 de fevereiro. O Ministério da Economia informou nesta semana que as exportações caíram 35% em relação a 2021, e os volumes físicos caíram 38,4% neste ano.

(Reportagem de Olena Harmash)