Mercado fechado

Ubisoft quer explorar mais seu catálogo de jogos antigos

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

A Ubisoft teve um bom final de ano em 2020, com resultados recordes. A empresa teve crescimento de vendas em 54% nos últimos nove meses em comparação com o mesmo período de 2019. Grande parte disso se dá por conta das vendas de seu catálogo de jogos lançados há mais tempo.

Segundo a companhia, o carro-chefe do período foi o lançamento de Assassin’s Creed Valhalla. A empresa não abre números de vendas e receita específicos do jogo, mas disse para investidores que o título faturou mais que qualquer outro da franquia até agora.

Valhalla também lidera a lista (junto de Watch Dogs: Legion) entre os quatro jogos mais vendidos do PlayStation 5 até o momento.

A companhia teve US$ 1,2 bilhão em “net bookings”. O termo pode ser entendido quase como um sinônimo de lucro líquido, porém, os bookings são relativos também a vendas que ainda não foram computadas, mas que estão acordadas para serem recebidas no futuro.

O importante é perceber que este número foi acima do esperado pela Ubisoft e bem acima dos US$ 551 milhões do mesmo período em 2019.

Apesar dos bons números com games AAA, a Ubisoft planeja modificar sua estratégia de grandes jogos e focar na receita que seus games antigos ainda trazem. Atualmente, ela tem três grandes nomes com lançamentos agendados para este ano: Far Cry 6, Rainbow Six Quarantine e Skull & Bones. Na lista ainda há Riders Republic e o remake de Prince of Persia: Sands of Time, mas sem janela específica de lançamento.

“Nós vimos que estamos nos movendo progressiva e continuamente para um modelo, antes acostumado com foco apenas em AAA, para um modelo no qual nós temos a combinação de lançamentos fortes de AAA com vendas dos nossos jogos antigos do catálogo, além de complementar nosso cronograma com lançamentos gratuitos e outras experiências premium”, explicou o chefe financeiro da empresa, Frederick Duguet.

O catálogo de jogos já lançados da empresa tem um papel fundamental no faturamento, representando, por vezes, até metade do quanto ela calcula de lucro para o trimestre.

“Estamos continuamente nos movendo para um crescimento pronunciado de receitas em games antigos. Assim, esperamos que jogos bem rentáveis já lançados representem uma parcela ainda maior dos nossos negócios daqui para frente”, comentou o CEO da companhia Yves Guillemot.

Segundo o relatório da Ubisoft, games antigos como Mario + Rabbids: Kingdom Battle, Far Cry 5, The Crew 2, Anno 1800, Just Dance e Assassin’s Creed ainda geram boa receita para a publicadora. Soma-se a isso Rainbow Six Siege, game que, apesar de ter sido lançado há seis anos, teve aumento de 15 milhões de jogadores nos últimos 12 meses.

O relatório completo da Ubisoft está disponível no site de investidores da empresa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: