Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,36
    -0,10 (-0,16%)
     
  • OURO

    1.760,60
    -6,20 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    62.963,81
    +8,01 (+0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.396,44
    +15,49 (+1,12%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.769,38
    -23,76 (-0,08%)
     
  • NIKKEI

    29.682,66
    +39,97 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    13.966,50
    -47,50 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7096
    -0,0115 (-0,17%)
     

Uber passa a exigir identidade de passageiro que paga 1ª corrida em dinheiro

Alveni Lisboa
·3 minuto de leitura

O Uber vai expandir a checagem de documentos para pessoas que usam apenas dinheiro como forma de pagamento. O usuário que resolver custear em espécie a sua primeira viagem, sem fornecer dados de cartão de crédito ou débito, será obrigado a enviar uma foto do documento de identidade e passar pela checagem do CPF antes de iniciar a corrida.

A medida é para oferecer mais segurança para motoristas do app, já que o passageiro será identificado previamente. Mesmo que se recuse a pagar ou tente algum tipo golpe, o Uber terá como identificá-lo mais facilmente. Hoje, o sistema possui uma parceria com a Serasa Experian para validação de CPF de quem paga em dinheiro, mas não havia a exigência de apresentar um documento oficial de identificação, como o RG ou a CNH.

O recurso já estava em teste nas cidades de Juiz de Fora (MG), Petrolina (PE) e Feira de Santana (BA), mas agora será expandido para novos usuários em todo país. A tecnologia também é utilizada em países como Chile, México, Argentina, Costa Rica, Colômbia e República Dominicana.

Segurança para passageiros e motoristas

Os motoristas também passam por processos de validação antes de ingressarem na plataforma: a checagem de antecedentes criminais e análise de documentos do veículo diretamente na base do Denatran. Mesmo depois de entrar, os motoristas continuam sendo avaliados periodicamente para evitar problemas.

(Imagem: Dan Gold/Unsplash)
(Imagem: Dan Gold/Unsplash)

De forma aleatória, o aplicativo do Uber pede para o motorista tirar uma selfie antes de aceitar uma viagem ou acessar o serviço. Isso ajuda a verificar a identidade de quem está no volante e evitar que terceiros usem a plataforma em nome de laranjas. Futuramente, o serviço pretende implantar um sistema de reconhecimento de movimentos para reduzir ainda mais as chances de fraude.

"A Uber entende que a tecnologia pode aumentar a segurança de todos que usam o nosso aplicativo e essa expansão é mais uma prova dos nossos avanços na área. Essa ferramenta complementa a verificação de CPF dos usuários que já realizamos há anos e que fica ainda mais completa com a checagem de CNH e RG. Com isso, poderemos dar mais tranquilidade para quem realiza viagens utilizando o nosso app", afirma o diretor do Tech Center do Uber no Brasil, Marcello Azambuja.

Uber no Brasil

Nascida em 2010, o Uber está no país desde então e acumula mais de 10 bilhões de viagens. Por aqui, a empresa sofreu forte resistência do setor de transporte público, em especial de taxistas. Após vários embates jurídicos, o tema chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) e o serviço de transporte foi liberado.

(Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)
(Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

A empresa oferece uma plataforma completa de transportes, na qual o usuário seleciona o tipo de carro desejado e o destino, o que permite saber antecipadamente o valor da corrida. Após casos de violência envolvendo motoristas e passageiros, a empresa começou a investir pesado em ferramentas de segurança.

Em fevereiro, a companhia começou a testar a gravação em vídeo das viagens no Brasil. Os motoristas parceiros poderão utilizar a câmera do próprio celular para filmar todas as viagens, e os arquivos serão criptografados e acessados somente pelo Uber quando necessário.

Usa o Uber? O que acha das novidades recentes do app? Comente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: