Mercado fechado

Uber negocia compra de rival de entregas Postmates: Fontes

Priya Anand

(Bloomberg) -- A Uber Technologies está em negociações para comprar a Postmates, disse uma pessoa com conhecimento das discussões, com o objetivo de expandir serviços de entrega de comida nos EUA e capitalizar o aumento das encomendas durante a pandemia de coronavírus.

A Postmates também explora vários caminhos para abrir capital, disse a pessoa, que pediu para não ser identificada. Uma opção considerada envolveria a fusão com uma sociedade de aquisição de propósito específico, disse a pessoa.

Nas negociações com a Uber, um acordo poderia avaliar a Postmates em US$ 2,6 bilhões, segundo o Wall Street Journal. Representantes da Uber e da Postmates não comentaram. O New York Times havia reportado na segunda-feira que a Uber tinha feito uma oferta para comprar a Postmates.

Fundada em 2011, a Postmates foi uma das primeiras a permitir que clientes nos EUA pedissem comida usando um aplicativo para smartphone. No entanto, a concorrência cresceu muito nos últimos anos. Em fevereiro de 2019, a empresa disse que tinha entrado com pedido para uma oferta pública inicial confidencialmente, mas que nunca se concretizou. A empresa captou recursos com um investimento privado naquele ano, avaliando o negócio em US$ 2,4 bilhões.

Os efeitos do vírus aceleraram o negócio de entrega de comida, embora não tenha resultado em lucros. O mercado é altamente competitivo, e as margens são pequenas. A pandemia também afetou o principal negócio de transporte da Uber. Nos últimos meses, a Uber cortou cerca de 25% dos empregos e deixou de lado negócios secundários. A entrega de comida tem sido um ponto positivo para a empresa, à medida que mais clientes fazem pedidos em casa por causa dos restaurantes fechados.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.