Mercado abrirá em 2 h 54 min
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,96
    +0,35 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.846,10
    -4,80 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    31.320,22
    -459,31 (-1,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    628,59
    -11,33 (-1,77%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.647,66
    -6,35 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.531,50
    +46,00 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5096
    -0,0012 (-0,02%)
     

Uber Eats Caseirinho agora está disponível em Curitiba e outras cidades

Claudio Yuge
·1 minuto de leitura

O setor de entregas é um dos raros nichos comerciais que registram ascensão durante a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2). Com mais gente fazendo home office, nem sempre dá tempo ou ânimo para cozinhar. Então, a demanda por refeições rápidas e baratas aumentou nos pedidos de delivery. O Uber Eats então começou a oferecer, desde a sexta-feira passada (12), o Caseirinho, que leva marmitas com preços a partir de 9,99. A novidade vem para bater de frente com o iFood Loop, que nasceu com proposta semelhante.

Entre as opções, estão pratos simples e que costumam estar diariamente na mesa dos brasileiros, a exemplo de arroz, feijão, fritas e filé de frango grelhado com uma salada, entre outras alternativas. Em São Paulo, onde a plataforma estreou, todo o cardápio é preparado pela Sapore, empresa conhecida na seara de restaurantes corporativos.

<em>Divulgação/Uber Eats</em>
Divulgação/Uber Eats

Além da capital paulista, o Caseirinho chegou nesta semana em Curitiba, onde a companhia realiza o preparo dos alimentos com o Grupo Risotolândia. A plataforma vem sendo testada em Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO) e Fortaleza (CE). A intenção do Uber Eats é conseguir contratos locais com diversas empresas de preparos de alimentos, para garantir mais agilidade. O serviço também está chegando ao Rio de Janeiro e em breve deve estar disponível em Manaus (AM) e Porto Alegre (RS)

E você, já utilizou o Caseirinho ou o iFood Loop? Diz para a gente nos comentários o que vem achando desses serviços.

Fonte: Canaltech