Mercado fechado

Uber cresce, mas suas ações caem após apresentar receita do último trimestre

Claudio Yuge

O mercado de mobilidade urbana está aquecido há algumas temporadas, e a concorrência da Uber, que inicialmente cresceu assustadoramente e tomou conta do setor, agora é bem mais acirrada. Por isso a pressão pelos resultados tem sido muito maior, ainda mais após a abertura do capital em maio deste ano. Na apresentação dos resultados do terceiro trimestre, mesmo com uma discreta alta, seus papéis foram negociados com uma queda de 6% em relação ao valor de estreia.

De acordo com o relatório, o lucro por ação caiu 0,68%, mais do que os 0,63% esperados pelos analistas. A receita entre julho e setembro ficou em US$ 3,8 bilhões, diante de uma projeção de US$ 3,4 bilhões. O lucro líquido total cresceu para US $ 1,1 bilhão, ou 18% a mais que no mesmo período de 2018. Os números vieram de um total de 1,7 bilhão de viagens, a partir de 103 milhões de condutores ativos.

Números mostram boa alta dos serviços Eats e Freights (Imagem: Reprodução/Business Insider)

As reservas brutas, uma importante medida da indústria do total de recebimentos de passageiros antes de certas despesas — como motoristas pagantes —, cresceram 29% em relação ao mesmo período do ano passado, para US$ 3,7 bilhões.

"Nossos resultados neste trimestre demonstram decisivamente a crescente lucratividade do nosso segmento de corridas. Estamos satisfeitos por ver o impacto que a contínua liderança de categoria, maior disciplina financeira e uma mudança em todo o setor em direção a um crescimento mais saudável causam em nosso desempenho financeiro”, disse o CEO Dara Khosrowshahi em comunicado à imprensa.

Uber Eats continua com crescimento rápido

Se o mercado de MaaS (Mobilidade como Serviço) segue em alta, o de entregas cresce ainda mais rápido em todo o mundo. A receita do Uber Eats, um dos segmentos mais prósperos da empresa, exibiu alta de US$ 392 milhões no trimestre, um aumento de 105% em relação ao mesmo período do ano passado.

Ainda, o serviço de frete de cargas Uber Freight, que vem ganhando mercado de forma voraz nos Estados Unidos e no Canadá, agora inclui mais de 50 mil transportadoras. Embora os números sejam positivos, há uma certa expectativa do mercado em relação às concorrentes, especialmente a Lyft, que, na semana passada, superou todas as estimativas de Wall Street — embora a resposta dos investidores também tenha sido bastante morna.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: