Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.385,94
    +508,53 (+2,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Uber começa a aceitar pagamento via Pix

Phone based GPS in a car at night.
O objetivo é facilitar a rotina dos usuários.(Getty Image)
  • Uber anunciou que aceitará a nova forma de pagamento

  • O código do Pix será disponibilizado assim que o usuário solicitar a corrida

  • Empresa também enrijeceu normas para quem quer utilizar notas de dinheiro

Consumidores que não abrem mão de fazer compras via Pix agora podem pagar corridas de Uber com a tecnologia. A empresa anunciou que passou a aceitar o método de pagamento em todo o país.

A funcionalidade já era testada desde o início de maio para alguns usuários. A companhia afirmou que estará disponível para todos os clientes até o começo de junho. Os primeiros testes aconteceram em novembro do ano passado em Curitiba e Recife. O objetivo é facilitar a rotina dos usuários.

Para utilizar o recurso, basta escolher a opção de pagamento Pix na hora de realizar uma viagem. No momento do pagamento, o aplicativo disponibilizará uma página onde um código será gerado. Depois disso, é só realizar o pagamento em um aplicativo de banco para que um motorista seja designado.

Medidas mais rígidas para o pagamento em dinheiro

Enquanto a Uber facilitou a transação para quem utiliza o Pix, enrijeceu as regras para clientes que querem pagar no dinheiro. A empresa anunciou que vai exigir uma foto selfie do usuário que optar pela transação em cédulas. O recurso atende a pedido do motoristas.

A U-Selfie é uma ferramenta que tem como objetivo registrar a imagem da pessoa que fez a solicitação e se juntar aos outros recursos para verificação do usuário, como a verificação do CPF na base de dados do Serasa e a de documentos, como o RG.

A foto não será compartilhada com os parceiros e nem passará por verificação biométrica. No entanto, ficará armazenada nos servidores da corporação para consulta das autoridades em caso de necessidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos