Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,39
    +0,63 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.793,70
    -2,60 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    61.750,78
    +714,53 (+1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.009,99
    -116,94 (-0,45%)
     
  • NIKKEI

    28.580,77
    -224,08 (-0,78%)
     
  • NASDAQ

    15.331,50
    -9,50 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5773
    -0,0035 (-0,05%)
     

Uber busca expansão em mercado de entrega rápida na Europa

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Uber Technologies estuda maneiras de aumentar a oferta de mantimentos com entrega rápida na Europa, depois da acelerada expansão de serviços que levam produtos a consumidores em apenas 15 minutos, segundo pessoas a par do assunto.

Most Read from Bloomberg

A possível expansão no exterior das ofertas da Uber, com sede em São Francisco, destaca a estratégia da gigante de aplicativo de transporte no mercado de entregas, um segmento cada vez mais importante para a empresa, que opera a Uber Eats. A Uber disse no início do ano que seu negócio de entrega de mantimentos - lançado em meados do ano - poderia registrar US$ 3 bilhões por ano em reservas.

Um porta-voz da Uber não quis comentar.

A pandemia estimulou a demanda por entregas, desde refeições de restaurantes a itens de conveniência e álcool gel, gerando competição acirrada para levar produtos a consumidores em tempo recorde. Empresas de venture capital injetaram bilhões de dólares no setor em crescimento. Em Londres, a Uber enfrenta outros concorrentes com caixa, como as rivais britânicas Deliveroo e Zapp e a Getir, da Turquia.

As opções da Uber podem incluir parcerias com redes de supermercados estabelecidas ou com startups de entrega rápida. Anteriormente, a Uber trabalhou com entregas rápidas em parceria com a Gopuff, oferecendo aos clientes da plataforma de transporte a possibilidade de solicitar itens dos centros de microatendimento da startup americana por meio do aplicativo.

Em junho, a Uber também fechou acordo para comprar a participação restante na rede de supermercados online Cornershop e aumentar esse tipo de oferta na América Latina. E nos aplicativos da Uber em Londres, consumidores podem fazer pedidos da Jiffy, uma startup que oferece entregas de mantimentos e itens de conveniência em 15 minutos.

No início do ano, a Uber contratou Eve Henrikson, ex-diretora da unidade online da Tesco, para o cargo de gerente-geral regional de entregas na Europa, Oriente Médio e África. As reservas da Uber aumentaram 178% localmente no primeiro trimestre de 2021 em relação ao ano anterior.

O interesse da Uber aumenta a competição no setor entre empresas de entrega de capital aberto. A DoorDash, líder nos Estados Unidos, e a alemã Delivery Hero planejam grandes investimentos nos aplicativos de entrega rápida de mantimentos Flink e Gorillas Technologies, respectivamente.

A Deliveroo adotou uma abordagem distinta, colaborando com a rede Wm Morrison Supermarkets em um centro de microatendimento em Londres.

Globalmente, investidores de venture capital haviam fechado acordos de 11,3 bilhões de euros (US$ 13,1 bilhões) no segmento de entrega de mantimentos até 11 de outubro, superando o financiamento total em 2020. A Europa respondeu por 3,9 bilhões de euros, de acordo com o provedor de dados PitchBook.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos