Mercado abrirá em 5 h 28 min

Twitter suprimirá postagens falsas sobre as vacinas

·1 minuto de leitura
O Twitter agirá para conter a publicação de mensagens falsas sobre vacinasvaccine is used to intentionally cause harm or control people

A plataforma Twitter anunciou nesta quarta-feira (16) que exigirá a eliminação de publicações falsas sobre as vacinas contra a covid-19 a partir da semana que vem, seguindo os passos do Facebook e do YouTube. 

"Em uma pandemia, a informação errada sobre as vacinas representa um desafio sanitário importante e crescente, e todos temos um papel a desempenhar", informou a equipe de segurança da rede social em um blog.

O Twitter pedirá aos seus usuários que eliminem informações falsas que sugiram que as vacinas são usadas para prejudicar ou controlar as populações, mintam sobre supostos efeitos colaterais ou questionem a existência da covid-19 e a necessidade de se vacinar.

Os afetados terão que eliminar suas mensagens para poder tuitar novamente.

Desde o começo de 2021, o Twitter planeja colocar advertências debaixo de mensagens que contenham rumores infundados, assim como informação incompleta ou fora de contexto sobre as vacinas.

A plataforma já aplica regras à desinformação sobre o coronavírus, mas até agora não tinha anunciado medidas específica sobre conteúdo relacionado com as vacinas.

Vários países, inclusive Reino Unido, Estados Unidos e Canadá, iniciaram campanhas de vacinação e se espera que a União Europeia comece a imunização em breve.

Em outubro, quando as vacinas estavam em fase de testes clínicos, YouTube e Facebook anunciaram regulações estritas para proibir informação errada sobre elas ou prejudicasse as campanhas de vacinação.

dho/lo/la/dg/lda/mvv