Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.033,78
    +106,87 (+0,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Twitter prepara ícone temático no Android e renovação do Super Follow

O Twitter estaria preparando uma repaginada no Super Follow, descobriu um programador que testa a versão experimental do app para Android. A plataforma aparentemente prepara a introdução do suporte para assinaturas do Twitter Blue, incluindo a adição de ícones temáticos no Android 13, e deu pistas de que a ferramenta de apoio financeiro para criadores de conteúdo deve passar por mudanças.

A descoberta do desenvolvedor Dylan Roussel não entrega muitas informações consistentes, apenas pistas das funcionalidades que estão a caminho. A versão experimental acessada por ele está em estágio Alpha, portanto longe de ser funcional, tampouco de ter o nível de polimento necessário para ser liberado para o público.

Segundo o programador, o Super Follow do Twitter pode passar a se chamar “Inscrições”. Originalmente, o recurso servia para que usuários do Twitter apoiassem criadores de conteúdo da plataforma de modo fácil, sem precisar recorrer a sites de terceiros. Enquanto “superseguidor”, o usuário tem acesso a publicações exclusivas, um selo de apoiador e destaque no campo de comentários.

Não está claro se a função terá finalidade alterada nessa reformulação, mas considerando que Elon Musk quer que assinaturas sejam uma das principais fontes de renda da plataforma, é possível que a proposta seja mantida, mas os valores sejam reajustados. Até agora, porém, não existe nenhuma informação concreta sobre o assunto, tampouco previsão de quanto a novidade será lançada.

Suporte para o Twitter Blue

Também nos achados de Roussel está a aparente estrutura para dar suporte o novo Twitter Blue. O serviço de assinatura do Passarinho Azul passou por uma grande reformulação após a aquisição de Elon Musk, agora garantindo aos usuários pagantes mais vantagens de uso do aplicativo e o selo de verificado — sem precisar autenticar a identidade de nenhuma forma, vale ressaltar.

Quando lançada na quarta (9), o novo serviço encheu o Twitter de contas falsas se passando por empresas, figuras públicas e governos. Pouco depois, a rede social interrompeu a contratação de assinaturas (provavelmente, para conter o problema dos farsantes). Ontem (15), Musk anunciou que o Blue será relançado no dia 29 de novembro, tempo suficiente para “garantir que esteja sólido”.

Inicialmente, o Twitter Blue só podia ser contratado pelo app para iOS. Provavelmente, o relançamento deve levar a funcionalidade também para o Android e a versão web da rede social.

Ícone temático no Android 13

O Twitter também terá um ícone com cores dinâmicas no Android 13. A adição do suporte foi encontrada em desenvolvimento no aplicativo e permitirá que o atalho se adapte às cores extraídas do papel de parede.

O ícone do Twitter poderá mudar conforme as cores do papel de parede (Imagem: Reprodução/9to5Google)
O ícone do Twitter poderá mudar conforme as cores do papel de parede (Imagem: Reprodução/9to5Google)

Mensagens criptografadas de ponta a ponta

Ainda de acordo com Roussel, o Twitter parece preparar a implementação de criptografia de ponta a ponta para mensagens diretas. A adição é uma grande pendência da rede social, já que as alternativas (incluindo mensageiros dedicados e redes sociais concorrentes, como Instagram) oferecem a proteção de forma nativa há bastante tempo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: