Mercado fechará em 3 h 7 min
  • BOVESPA

    111.497,88
    -2.296,40 (-2,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.577,68
    -614,65 (-1,18%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,12
    -0,49 (-0,67%)
     
  • OURO

    1.753,30
    -3,40 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    47.612,98
    -367,89 (-0,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.208,57
    -16,97 (-1,38%)
     
  • S&P500

    4.444,93
    -28,82 (-0,64%)
     
  • DOW JONES

    34.624,39
    -126,93 (-0,37%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1952
    +0,0104 (+0,17%)
     

Twitter permite que usuários famosos ganhem dinheiro com assinaturas

·2 minuto de leitura
A partir desta quarta-feira, você pode pagar para se inscrever em algumas contas do Twitter (AFP/Olivier DOULIERY)

A partir desta quarta-feira (1), os usuários poderão pagar para se inscrever em algumas contas do Twitter. A plataforma lançou a ferramenta de remuneração dos criadores de conteúdo, como parte de uma estratégia que busca ampliar a sua audiência e depender menos da receita publicitária.

Os "influenciadores" - especialistas em moda ou esportes, por exemplo - poderão, assim, propor a seus seguidores que se tornem "super followers" e recebam um conteúdo exclusivo (dicas, histórias, análises, etc.) em troca de assinaturas de três, cinco ou 10 dólares por mês.

"Como 'super followers', eles podem participar de conversas às quais apenas outros assinantes pagantes terão acesso", disse Esther Crawford, diretora de produtos da rede social, em comunicado. Futuramente, o Twitter irá adicionar a possibilidade de propor “Spaces” (salas de áudio) exclusivas, newsletters ou anonimato para os assinantes. "E não se preocupe, os tuítes públicos não desaparecem", garantiu.

A empresa ficará com 3% da receita, inicialmente. Quando um criador ganhar mais de 50 mil dólares, o percentual da plataforma subirá para 20, após a comissão de exploração do sistema móvel - iOS ou Android.

O recurso é aberto nos Estados Unidos e Canadá com um grupo limitado de criadores que possuem iPhone ou iPad (Apple). Seu escopo será progressivamente estendido para o Android.

Em maio, o Twitter revelou a "Tip Jar", ferramenta que permite aos usuários fazerem doações para suas contas favoritas.

A plataforma lançou ofertas de assinaturas pagas em junho para usuários no Canadá e na Austrália que desejarem acessar recursos práticos. A um custo de 3,5 dólares por mês, os assinantes têm acesso a marcadores para salvar seus tuítes favoritos em categorias, um modo de "leitura" mais confortável e um botão "cancelar", para visualizar e, eventualmente, alterar um tuíte antes do seu envio final.

O grupo californiano possui mais de 200 milhões de usuários ativos.

juj/vmt/cjc/dl/yow/ap/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos