Mercado fechará em 3 h 36 min

Twitter está contratando, diz Musk em rede social

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 17.09.2021 - Rede social Twitter. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 17.09.2021 - Rede social Twitter. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

Elon Musk postou neste domingo (27) em sua conta no Twitter slides de uma apresentação onde mostra que a empresa está contratando. O tuíte vem após uma baixa de aproximadamente 7.500 funcionários na big tech.

A postagem traz quatro slides. No primeiro, um texto diz "estamos recrutando", sem citar dados. Em seguida afirma um crescimento médio de novos usuários de 2 milhões por dia entre 9 e 16 de novembro. As outas imagens mostram um aumento do tempo gasto na rede e na monetização e a diminuição em discursos de ódio.

Nas imagens finais, cita as atualizações recentes do Twitter, como mensagens com mais camadas de proteção e seu novo formato de verificação.

O novo serviço, ao custo de US$ 8 por mês, permitirá que usuários tenham um logotipo menor e secundário de suas organizações, disse Musk em outro tuíte na sexta-feira (25). "Explicação mais longa na próxima semana."

As cortes de funcionários não foram uma exclusividade da big tech. Amazon e Meta, proprietária do Facebook, também fizeram demissões. No total, empresas de tecnologia somam mais de 30 mil cortes neste mês.

A Meta anunciou no dia 9 de novembro uma redução de 13% de sua equipe, o que representa mais de 11 mil funcionários. A demissão em massa foi a primeira em 18 anos de existência da empresa, e ocorre em meio à briga do Facebook contra custos crescentes e um mercado de publicidade fraco.

Já a Amazon demitiu no dia 16 de novembro empregados da unidade responsável pela assistente virtual, a Alexa. O plano também envolve o corte de 10 mil empregos, incluindo nas divisões de varejo e de recursos humanos.