Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.871,48
    +199,24 (+0,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Twitter e YouTube do Exército Britânico são hackeados e promovem golpes de criptomoedas

O Exército Britânico foi a mais recente vítima de hackers de criptomoedas. No domingo, 3 de julho, golpistas assumiram o controle das contas do Twitter e do YouTube dos militares e postaram vídeos promovendo golpes com criptomoedas.

Os perfis do exército no Youtube e Twitter foram tomados pelos criminosos, cuja identidade é desconhecida. O nome da conta do Twitter foi alterado para “pssssd”, e suas fotos de perfil foram alteradas para uma coleção de NFTs chamada “The Possessed”.

Exército britânico pede desculpas

Depois de quatro horas, o exército britânico recuperou o controle das contas e postou uma mensagem no Twitter:

“Pedimos desculpas pela interrupção temporária do nosso feed. Conduziremos uma investigação completa e aprenderemos com este incidente. Obrigado por nos seguir e o serviço normal será retomado agora.”

O Ministério da Defesa britânico disse que a violação das contas foi resolvida e uma investigação está em andamento.

“O Exército leva a segurança da informação extremamente a sério e até que sua investigação seja concluída seria inapropriado comentar mais”.

Golpes de criptomoedas e NFTs

Em capturas de tela postadas nas redes sociais, os hackers são vistos fixando um tweet de uma falsa coleção de NFT. O tweet tinha um link de phishing que, quando ativado, drenava as carteiras de criptomoedas dos usuários.

Um dos criadores da coleção, Tom Watson, alertou seus seguidores sobre o material falso e solicitou que eles denunciassem.

Os hackers também renomearam a conta do Twitter do Exército Britânico para Bapesclan. Em seguida fizeram várias postagens relacionadas a tokens não fungíveis (NFTs). Além disso, eles também mudaram a foto do perfil para um desenho de macaco com maquiagem de palhaço.

Elon Musk e Jack Dorsey

Os hackers também retweetar várias postagens promovendo esquemas de distribuição de NFTs. Ao mesmo tempo, o nome da conta do YouTube dos militares do Reino Unido foi alterado para “Ark Invest”, a empresa de investimentos de Cathie Wood.

Os criminosos excluíram todos os vídeos da conta e os substituíram por transmissões ao vivo de vídeos antigos retirados de uma conversa entre Elon Musk e o cofundador do Twitter Jack Dorsey sobre bitcoin que foi hospedado pela Ark em julho de 2021.

O texto foi adicionado às transmissões ao vivo direcionando os usuários para sites de fraude com criptomoedas.

O golpe atraiu milhares de espectadores. Ainda não se sabe como o ataque foi realizado e quantas pessoas podem ter sido enganadas pelos links. O Exército Britânico removeu todos os links, tweets e conteúdo relacionado das contas comprometidas.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos