Mercado fechará em 1 h 39 min
  • BOVESPA

    111.394,04
    -2.418,83 (-2,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.483,63
    -246,17 (-0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,21
    -0,29 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.762,80
    -8,40 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    21.386,95
    -1.930,75 (-8,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    508,23
    -33,37 (-6,16%)
     
  • S&P500

    4.227,96
    -55,78 (-1,30%)
     
  • DOW JONES

    33.708,77
    -290,27 (-0,85%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,77 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.265,25
    -258,00 (-1,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1946
    -0,0192 (-0,37%)
     

Twitter e Musk se enfrentam em tribunal por pedido de julgamento célere

Por Tom Hals

WILMINGTON, EUA (Reuters) - O confronto do Twitter com Elon Musk tem seu primeiro teste nesta terça-feira, quando uma juiza avaliará a proposta da rede social de um julgamento acelerado, necessário para garantir que o financiamento do negócio não seja impactado, segundo a empresa.

A audiência começou às 12h (horário de Brasília) e estava sendo conduzida via Zoom porque a juíza testou positivo para Covid-19, de acordo com documentos judiciais.

O Twitter tenta resolver meses de incerteza para seus negócios, enquanto Musk busca romper o acordo de 44 bilhões de dólares que previa a aquisição da companhia. O bilionário disse que a saída do negócio deve-se ao número de contas de "spam" da rede social, contagem que, ele alega, são fundamentais para o valor da empresa.

O Twitter pediu à Kathaleen McCormick, do principal tribunal do Estado norte-americano de Delaware, que conclua pela violação do acordo por Musk e ordene-o a finalizar o negócio ao preço acertado de 54,20 dólares por ação.

O Twitter quer um julgamento célere em setembro sob o argumento que Musk está difamando a rede social e prejudicando suas operações, à medida que recusa-se a aprovar iniciativas de negócios, como um plano de retenção de funcionários.

A empresa disse que adotar a proposta de julgamento mais lento, para um julgamento em 2023, deixa pouco tempo para litígios adicionais sobre o financiamento do negócio se o empresário for obrigado a concluí-lo. O financiamento expira em abril.

Desde que acordou em abril a compra do Twitter, Musk questionou a empresa sobre contas falsas e bots. Ele disse que propôs um julgamento em fevereiro para ter tempo suficiente de investigar o assunto.

As ações do Twitter caíram para abaixo de 50 dólares por ação, patamar do anúncio do negócio, para 32,55 dólares na semana passada. Os papéis subiam cerca de 2% nesta terça-feira, a cerca de 39,16 dólares.

Minor Myers, professor da UConn School of Law, disse esperar que McCormick adote um cronograma de julgamento próximo à proposta do Twitter.

"Quanto mais se arrastar, mais distração para o Twitter", disse ele. "Há mais risco, mais coisas que podem dar errado."

(Por Tom Hals)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos