Mercado fechado

Twitter deve voltar a avaliar requisições públicas de verificação de perfis

Claudio Yuge

O Twitter já vem há anos adiando soluções para sua confusa e muitas vezes criticada política de verificação de perfis — aquele ícone azul ao lado do nome de sua conta comprovar que ela é autêntica. Atualmente, isso só pode ser feito por meio de contato direto com funcionários da plataforma. Contudo, um novo flagrante da pesquisadora de apps Jane Manchun Wong indica que companhia pode estar próxima de finalmente voltar a avaliar as requisições.

Jane, que costuma se embrenhar em códigos de software famosos em busca de novidades, publicou neste domingo (7) uma imagem que mostra a opção “Request verification” (“Requisição de verificação”) na aba de informações pessoais.

A empresa anteriormente permitia que os usuários solicitassem a verificação, mas "pausou" o recurso em 2017, depois que verificou um supremacista branco. Mais recentemente, a companhia liberou pelo menos 1 mil autenticações para médicos e especialistas em saúde pública, como parte de seus esforços para promover informações autorizadas sobre o COVID-19.

O retorno dos pedidos será aparentemente acompanhado por uma reformulação maior da política. Entre as mudanças estariam diretrizes escritas que esclarecem quais são as qualificações para verificação. Ainda não está claro exatamente quais serão esses itens ou quão profundas devam ser as alterações das regras atuais, contudo, o CEO Jack Dorsey já havia dito anteriormente que gostaria de ampliar esse recurso para muito mais gente.

Por enquanto, o Twitter não diz quando (e se) esse novo processo pode ser implementado ou exatamente como ele funcionará. Mas o fato de as solicitações de verificação terem ressurgido sugere que a companhia está tentando solucionar essa questão.

Fonte: Canaltech