Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,33
    +2,70 (+3,23%)
     
  • OURO

    1.734,50
    +32,50 (+1,91%)
     
  • BTC-USD

    20.306,87
    +770,28 (+3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,22
    +14,79 (+3,32%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.643,00
    +357,25 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1663
    +0,0924 (+1,82%)
     

Twitter deve se tornar também um aplicativo de podcasts

O Twitter pode oferecer em breve um serviço voltado para podcasts. A rede social já possui um recurso de áudio, o Espaços, lançado no ano passado para rivalizar com o Clubhouse, que possibilita a realização de conversas ao vivo por voz. A ideia, contudo, seria uma evolução da ferramenta atual.

O usuário poderia escutar programas completos gravados por meio de listas de reprodução próprias ou criadas com base nos tópicos de seus interesses. Para isso ser possível, a guia do Espaços será redesenhada para "Estações" (Stations, em inglês) e oferecerá suporte a RSS externo e gravações do próprio Twitter.

Os Espaços ao vivo e os gravados ainda permanecerão disponibilizados na guia, mas devem ser movidos um pouco mais para baixo. Nesta fase inicial, apenas um pequeno grupo de usuários do mundo inteiro devem receber a novidade, que funcionará apenas em inglês.

Segundo os desenvolvedores, quanto mais o usuário escutar, mais personalizada serão as sugestões de áudio. O algoritmo deve considerar o comportamento do usuário, os interesses de pesquisa e os perfis atualmente seguidos. “O que estamos realmente tentando capturar aqui é como se outro usuário recomendasse algo para você”, explicou o gerente sênior de produtos do Twitter, Evan Jones.

Podcasts direto no Twitter

A recomendação dos podcasts seria um trunfo importante do Twitter (Imagem: Reprodução/Twitter)
A recomendação dos podcasts seria um trunfo importante do Twitter (Imagem: Reprodução/Twitter)

Se a ideia vingar, o Twitter teria algo que nenhuma outra ferramenta possui: a recomendação automatizada (e certeira) de podcasts. Hoje, a maioria das pessoas conhece bons programas a partir de indicações de amigos ou ao acessar dados dos mais escutados nas plataformas de áudio. Em geral, isso é algo positivo, mas deixa os pequenos produtores de conteúdo em áudio em um imenso limbo da falta de audiência.

Como a rede de microblogging já é famosa, seria um ótimo ponto de partida se as pessoas pudessem compartilhar conteúdos enquanto escutam. Por enquanto, só é possível fazer esse envio para a linha do tempo de pequenos recortes, o que nem sempre faz jus à qualidade do podcast. Ainda assim, é provável que as ferramentas do Espaços sejam mescladas a essa nova, com ótimos resultados para ouvintes e criadores.

A iniciativa faz todo sentido, afinal o Espaços parece ter sido a única ferramenta de áudio das gigantes da tecnologia a alcançar algum êxito. Facebook e Instagram deixaram de lado, assim como o Reddit, o LinkedIn e o Spotify. Esta pode ser a oportunidade de ouro para a rede do passarinho dar um upgrade merecido no seu serviço.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: