Mercado abrirá em 45 mins
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,78
    -0,45 (-0,62%)
     
  • OURO

    1.773,70
    -5,10 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    43.536,27
    +1.589,43 (+3,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.089,92
    +49,44 (+4,75%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.079,10
    -4,27 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.233,50
    +70,00 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1757
    -0,0331 (-0,53%)
     

Twitter cria selo para identificar contas de bots

·2 minuto de leitura
Logo do Twitter em uma tela de celular
Novidade não tem como objetivo descobrir bots que tentam enganar os usuários, mas sim reconhecer o trabalho dos “good bots” (bons robôs)
(Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Selo mostrará quais contas são automatizadas ou de robôs 

  • Atualização está sendo testada e deve ser expandida para todos os usuários 

  • Medida foi tomada para permitir que usuários saibam com quem estão se relacionando

O Twitter anunciou que está testando um novo selo que permitirá que os usuários identifiquem as contas automatizadas ou de robôs. Esse tipo de conta é desenvolvido especialmente para postar conteúdos sobre um assunto específico.

Com a atualização, ficará fácil saber quais tweets foram feitos por humanos e quais pertencem aos bots, permitindo que a pessoa entenda com quem está se relacionando. De acordo com a Fast Company, a novidade chega após pesquisa realizada pelo Twitter concluir que boa parte dos usuários se sentia confusa com relação às contas automatizadas.

Leia também: 

O selo, que aparece logo após o nome da conta e indica o responsável por ela, está sendo testado em perfis pré-selecionados e deve ser expandido para toda a rede social assim que a empresa tiver resultados sobre seu desempenho.

B Astrella, diretor de gerenciamento de produtos no Twitter, afirmou que o objetivo não é descobrir bots que tentam enganar os usuários, mas sim reconhecer o trabalho dos “good bots” (bons robôs), cujos perfis muitas vezes postam informações sobre o que está no jornal, oferecem dados de terremotos em tempo real ou até mesmo lembram as pessoas de se manterem hidratadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos