Mercado fechado

Twitter cria alerta para evitar compartilhamento de links que não foram abertos

Claudio Yuge

Quantas vezes alguém compartilhou um conteúdo com você em redes sociais e, ao abri-lo, não tinha nada a ver com a discussão ou era de uma data passada? O pior é que a maioria das notícias falsas e/ou descontextualizadas é distribuída dessa forma, sem que os leitores avaliem se realmente vale a pena contribuir com um rumor sem fundamento. Esse é um (mau) hábito particularmente comum às pessoas que não costumam ler tudo o que estão passando para frente, o que contribui para a desinformação. E o Twitter anunciou nesta quarta-feira (10) um recurso que prevê diminuir essas atividades.

“Compartilhar um artigo pode desencadear uma conversa, então você pode querer lê-lo antes de fazer o tweet. Para ajudar a promover uma discussão informada, estamos testando um novo prompt no Android — quando você retuita um artigo que não abriu no Twitter, podemos perguntar se você deseja abri-lo primeiro”, anunciou a plataforma.


Ou seja, com essa novidade, o Twitter não vai barrar o retweet, mas, caso você não clique no link antes de compartilhá-lo, deve receber um alerta sugerindo que leia o conteúdo antes de distribuí-lo para outras pessoas. Ainda não há muitos detalhes de como será esse monitoramento. Por exemplo, todos os links não abertos terão esse aviso ou apenas aqueles já flagrados pela plataforma como potencialmente prejudiciais?

Ao que parece, o recurso ainda está na fase inicial de testes, apenas para alguns usuários do app para Android. Não há confirmação de que realmente se torne uma nova barreira para as fake news e nem previsão de distribuição oficial para todas as plataformas. Contudo, com o aumento da desinformação em tempos de pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e de protestos antirracistas, o Twitter já se prepara para um cenário ainda mais intenso, com a chegada das eleições presidenciais estadunidenses. Assim, pode ser que essa ferramenta seja liberada muito em breve.

De acordo com o próprio suporte do microblog, a ideia não é barrar o retweet, mas, caso você não clique no link antes de compartilhá-lo, deve receber um alerta sugerindo que leia o conteúdo antes de distribuí-lo para outras pessoas

Fonte: Canaltech