Mercado fechará em 4 h 36 min
  • BOVESPA

    109.883,40
    -305,17 (-0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.020,65
    +221,19 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,21
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.788,90
    +6,50 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    16.856,39
    -163,15 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,69
    -6,11 (-1,52%)
     
  • S&P500

    3.941,26
    -57,58 (-1,44%)
     
  • DOW JONES

    33.596,34
    -350,76 (-1,03%)
     
  • FTSE

    7.515,28
    -6,11 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.504,75
    -61,25 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4941
    +0,0154 (+0,28%)
     

Twitter Blue com selo de verificado é lançado oficialmente

O novo Twitter Blue, com direito ao selo de verificado, está no ar. Repaginado com recursos extras anunciados pelo bilionário e dono da rede Elon Musk, o serviço de assinatura do Passarinho Azul pode ser adquirido por usuários de iPhone e iPad por US$ 8 (R$ 40 em conversão direta), mas logo deve alcançar o público que usa Android e web — o serviço ainda não está disponível no Brasil.

Ao assinar o serviço, a conta recebe o selo de verificado automaticamente. Não há formas de diferenciar assinantes de perfis relevantes (como governos, influenciadores e empresas), já que o selo "Oficial" — o "verificado do verificado" — foi desativado horas após o lançamento.

Twitter Blue com selo de verificado está disponível para todos (Imagem: Reprodução/Unsplash)
Twitter Blue com selo de verificado está disponível para todos (Imagem: Reprodução/Unsplash)

Aparentemente, o Twitter Blue por US$ 8 é uma promoção temporária. No momento da assinatura, a rede social informa que o preço é "uma oferta por tempo limitado" e não é possível fazer a contratação pela versão web, somente pelo iOS. Usuários do antigo Twitter Blue também informam que precisaram assinar o serviço de novo para ter os benefícios da nova assinatura.

Verificados e verificados

Apesar de não terem ícones ou selos diferentes, usuários verificados pelo Twitter Blue e contas verificadas por relevância são diferenciados numa aba de "detalhes" sobre a etiqueta.

Ao clicar sobre o ícone de autenticação de um perfil relevante, o Twitter informa: "esta conta é verificada, pois é uma pessoa notável no governo, nas notícias, no entretenimento ou em outra categoria designada". Enquanto isso, as demais contas são descritas com "esta conta é verificada, pois é assinante do Twitter Blue".

Fakes estão a solta

A "democratização" do selo de verificação, porém, já traz consequências para o Twitter. Usuários mal-intencionados (ou que apenas testam os novos limites da rede) já começaram a abusar do selo para se passar por perfis importantes.

Não é necessário confirmar a identidade para o Twitter de nenhuma forma para ter o verificado, tampouco para mudar o nome de perfil ou a foto do ícone, portanto é bem fácil para se passar por qualquer outra pessoa na rede. É provável que esse problema se agrave com o passar dos dias, quando fakes começarem a se passar por políticos, influenciadores ou governos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: