Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.679,68
    -1.388,87 (-1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.107,28
    +381,32 (+0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,51
    -0,50 (-0,69%)
     
  • OURO

    1.801,00
    +3,00 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    17.234,42
    +416,87 (+2,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    406,18
    +11,49 (+2,91%)
     
  • S&P500

    3.957,13
    +23,21 (+0,59%)
     
  • DOW JONES

    33.700,82
    +102,90 (+0,31%)
     
  • FTSE

    7.472,17
    -17,02 (-0,23%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.600,25
    +90,75 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5003
    +0,0339 (+0,62%)
     

Twitter acusa Elon Musk de esconder documentos

Batalha judicial entre Elon Musk e o Twitter continua conforme o processo segue na Chancelaria de Delaware (Photo by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Batalha judicial entre Elon Musk e o Twitter continua conforme o processo segue na Chancelaria de Delaware (Photo by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • Informações intimadas pelo Twitter não foram entregues pela equipe jurídica do bilionário;

  • Elon Musk teria conversado com Larry Ellison, cofundador da Oracle, na madrugada anterior a repensar o acordo;

  • Musk estaria também destruindo evidências ao conversar com o modo de exclusão automática das mensagens do Signal ativado.

O Twitter afirmou que a equipe jurídica de Elon Musk está escondendo conteúdo importante para a litigação entre ambas as partes. Como parte do processo judicial, tanto o Twitter quanto Elon Musk devem entregar todas as informações relacionadas ao caso que foram intimadas pelo juiz.

A empresa de mídia social descobriu, a partir de registros da empresa de telefonia de Musk, que ele trocou várias mensagens de texto com o fundador da Oracle, Larry Ellison, a noite toda e até "as primeiras horas da manhã" no dia em que tuitou sobre voltar atrás no seu acordo de comprar o Twitter por US$ 44 bilhões.

A Oracle é uma das maiores empresas de tecnologia e informática dos Estados Unidos, e Larry Ellison é um amigo próximo do CEO da Tesla, tendo afirmado em maio que ajudaria com US$ 1 bilhão na compra da rede social, se tornando o maior co-investidor no negócio.

Na carta, enviada à juíza Kathaleen St. J. McCormick, o Twitter argumenta que a equipe jurídica de Musk não forneceu as mensagens de texto relevantes entre Ellison e Musk, bem como várias outras comunicações após o Twitter ter intimado as mensagens de texto do bilionário sobre o acordo.

A equipe jurídica do Twitter também acusou o CEO da Tesla de “destruição de evidências” e mostrou uma captura de tela de uma mensagem da Signal entre Musk e o investidor Marc Andreessen sobre o financiamento do acordo. A captura de tela parece mostrar que o CEO da Tesla definiu suas mensagens para serem excluídas após um período de tempo designado.

“Musk excluiu essas mensagens porque ele antecipou litígios e sabia que elas minariam suas reconvenções e defesas”, diz o Twitter no documento, chamando os esforços da equipe jurídica de Musk para produzir mensagens para descoberta de “produção roída por traças”.