Mercado abrirá em 35 mins
  • BOVESPA

    117.560,83
    +363,01 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,82
    +1,37 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.717,70
    -3,10 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    19.995,16
    -222,31 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,61
    -8,51 (-1,84%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    7.009,18
    +11,91 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.507,00
    -34,75 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1029
    -0,0106 (-0,21%)
     

Twitch bane transmissões de cassinos de criptomoedas após pressão da comunidade

Nos últimos meses, jogos de cassino com criptomoedas invadiram as transmissões da Twitch, uma plataforma focada em streaming de vídeo ao vivo. Apesar da popularidade do conteúdo, a Twitch anunciou nesta terça-feira (20) que estará banindo diversos cassinos.

A decisão ocorre após streamers famosos se pronunciarem contra tal tipo de conteúdo, pedindo que a subsidiária da Amazon removesse tais conteúdos. Na manifestação online, a comunidade utilizou a hashtag #twitchstopgambling para chamar a atenção da empresa.

Outro ponto a ser observado é a agilidade da Twitch, afinal tais queixas começaram há quatro dias, sugerindo que a empresa já tinha conhecimento sobre o problema. De qualquer forma, tais mudanças acontecerão apenas no próximo mês de outubro.

Twitch vira vitrine de cassinos de criptomoedas

Comprada pela Amazon por quase US$ 1 bilhão em 2014, a Twitch rapidamente se tornou referência em streaming, especialmente de esportes eletrônicos como CSGO, Valorant e League of Legends. Entretanto, a plataforma foi invadida por cassinos nos últimos meses, tornando-se um dos tópicos mais assistidos por ali.

No momento desta redação, mais de 40 mil pessoas estão assistindo streamers apostarem em slots, também conhecidos como caça-níqueis. Apesar disso, algumas transmissões desta semana ultrapassam a marca de 500.000 visualizações, mostrando como a Twitch tornou-se uma vitrine para cassinos de criptomoedas.

Transmissões de cassino com mais visualizações na Twitch na última semana. Reprodução.
Transmissões de cassino com mais visualizações na Twitch na última semana. Reprodução.

Mesmo com tamanha popularidade, tais conteúdos sempre foram motivos de discussão. Afinal, parte da comunidade não acreditava que isso fosse saudável, já que streamers estavam influenciando outras pessoas a perder dinheiro enquanto recebiam milhões de tais cassinos de criptomoedas através de patrocínios.

Entretanto, o início das reclamações ocorreu após o streamer Abraham Jehad “Sliker” Mohammed confessar ter pego dinheiro emprestado de seus seguidores e outros streamers para suprir o seu vício em apostas, sem devolver o montante — estimado em 300 mil dólares (R$ 1,5 milhão).

Twitch se pronuncia e bane cassinos de criptomoedas

Poucos dias após o início do movimento #twitchstopgambling, a própria Twitch veio a público. Em sua nota, a empresa afirma que removerá tais conteúdos no próximo mês de outubro, citando alguns sites famosos da indústria de criptomoedas como Stake, Rollbit, Duelbits e Roobet.

“Faremos uma atualização de política no dia 18 de outubro para proibir o streaming de sites de jogos de azar que incluam caça-níqueis, roleta ou jogos de dados que não sejam licenciados nos EUA ou em outras jurisdições.”

Na sequência, a empresa aponta que continuará dando suporte a sites de apostas esportivas e de poker, visto que tais conteúdos não são considerados jogos de azar.

Quanto aos comentários sobre o assunto, diversas pessoas relataram que se tornaram viciadas por influência de grandes streamers. Alguns deles chegam a afirmar que não só perderam todo seu dinheiro como também contraíram dívidas.

Fonte: Livecoins