Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.839,30
    -260,52 (-0,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Twitch bane duas grandes streamers por lives sexualmente sugestivas

·2 minuto de leitura

A Twitch intensificou seus esforços contra as lives com conteúdo sexualmente sugestivo na plataforma. No último fim de semana, o serviço baniu duas grandes streamers, Amouranth e Indiefoxx, que faziam transmissões ASMR em suas camas, piscinas infláveis e banheiras de hidromassagem. O conteúdo envolvia o contato sugestivo com o microfone, poses de ioga, além do uso de biquínis, maiôs, e roupas que deixam algumas partes do corpo, como seios e nádegas, bastante pronunciados.

A Twitch não explicou a razão para os banimentos, algo que é praxe dessa rede social. Contudo, segundo o The Verge, a razão foi uma violação das restrições da Twitch sobre conteúdo “sexualmente sugestivo”. De acordo com a publicação, esta é apenas mais uma instância da Twitch, que está se tornando uma espécie de juiz, ao decidir o que é “sexy demais” para seu público e anunciantes.

Entre as restrições da rede social, estão a proibição de “danças eróticas”, a exibição de brinquedos sexuais para fins que sejam diferentes da educação, e posar de maneiras que “deliberadamente destaquem seios, nádegas ou a região pélvica de uma pessoa”. Porém, essa “repressão” acaba desencadeando uma situação um tanto incômoda para algumas streamers em particular.

Dribla, mas cai depois

Streamer conhecida como Amouranth fazia lives em uma piscina inflável ou banheira de hidromassagem. Crédito: Reprodução/Twitch
Streamer conhecida como Amouranth fazia lives em uma piscina inflável ou banheira de hidromassagem. Crédito: Reprodução/Twitch

Não é incomum que mulheres encontrem mecanismos para driblar as regras da Twitch sobre conteúdo sexualmente sugestivo, suas lives se tornam populares, e só então a plataforma volta os olhos para elas e decide reprimir de alguma forma o que elas estão fazendo. Ao se recusar a ser mais transparente sobre banimentos, a plataforma deixa essas influenciadoras em uma espécie de limbo, entre ser uma streamer extremamente popular na Twitch e não terem onde publicar conteúdo.

As transmissões ASMR, por exemplo, são permitidas pela Twitch, além disso, de acordo com a própria plataforma: “ser considerado sexy pelos outros não é contra nossas regras”. Por conta disso, o serviço se colocou em uma posição altamente subjetiva, em que ela mesma decide o que é propositalmente sexy, ferindo as regras, e o que é acidentalmente sexy, dentro das regras.

Leia mais:

O principal problema com transmissões sexualmente sugestiva na Twitch, se dá, principalmente, porque uma parte dos espectadores, principalmente do sexo masculino, dirige comentários misóginos em direção às streamers, algo que é muito mal visto pelos anunciantes, que, em sua maioria, querem ser ligados apenas a conteúdo saudável, como gameplays, em detrimento de um conteúdo mais adulto e sexualizado.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos