Mercado fechará em 4 h 53 min
  • BOVESPA

    129.631,52
    +864,07 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.165,01
    +35,13 (+0,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,68
    +0,83 (+1,14%)
     
  • OURO

    1.790,20
    +12,80 (+0,72%)
     
  • BTC-USD

    34.211,52
    +4.709,09 (+15,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    826,85
    +16,66 (+2,06%)
     
  • S&P500

    4.246,26
    -0,18 (-0,00%)
     
  • DOW JONES

    33.918,73
    -26,85 (-0,08%)
     
  • FTSE

    7.102,17
    +12,16 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.268,75
    +10,50 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9331
    +0,0133 (+0,22%)
     

TV a cabo perdeu 156 mil assinantes no Brasil só em abril

·2 minuto de leitura

O setor de TV por assinatura segue em ampla queda no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), foram cerca de 156,9 mil pessoas que deixaram de assinar o serviço no país somente no mês de abril.

Os números dizem respeito tanto a quem pediu o cancelamento da assinatura quanto a quem teve o serviço interrompido por falta de pagamento. Os dados são do site Splash e revelam a queda constante que a TV a cabo vem enfrentando no país ao longo dos últimos anos, com quase 6 milhões de cancelamentos registrados desde o fim de 2014. Atualmente, são 14,1 milhões de assinantes, segundo a Anatel.

E a operadora que mais sentiu esse impacto no levantamento mais recente foi a Sky, considerada a segunda maior empresa do setor. Ela viu sua base de assinantes enxugar em 89,4 mil assinantes em apenas um mês. Logo em seguida aparece a Claro, com 79 mil assinaturas a menos.

Ranking de perda de assinaturas em abril de 2021

  1. Sky: perda de 89 mil clientes
    Base atual: 4,1 milhões de assinantes

  2. Claro: perda de 79 mil clientes
    Base atual: 6,68 milhões de assinantes

  3. Vivo: perda de 12 mil clientes
    Base atual: 1,21 milhão de assinantes

A única empresa entre as grandes que terminou abril com saldo positivo foi a Oi, que viu um crescimento de 13,1 mil em sua carteira de clientes no período. Atualmente, ela é a terceira maior companhia no ramo da TV por assinatura no Brasil, com 1,73 milhão de pessoas pagando pelos seus serviços.

Entre as razões apontadas para essa perda de assinantes está o crescimento e a popularização de serviços de streaming, como Netflix e Disney+, além de situações econômicas, como desemprego e problemas financeiros decorrentes da pandemia. Contudo, vale destacar que esse fenômeno não é algo exclusivamente brasileiro e que mercados bem mais robustos, como o estadunidense, também veem uma diminuição no número de pessoas dispostas a pagar por um serviço de TV.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos