Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    50.033,92
    +676,41 (+1,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Turquia proíbe pagamentos com criptomoedas em meio à inflação

Kyle Baird
·2 minuto de leitura
Outra exchange fecha na Turquia em meio a banimento de criptomoedas

Em um movimento repentino e surpreendente na madrugada desta sexta-feira (16), a Turquia proibiu o uso de criptomoedas como instrumentos de pagamento.

O Banco Central da Turquia anunciou oficialmente a proibição por meio de uma circular no jornal nacional Resmî Gazete.

As autoridades financeiras turcas afirmam que os criptoativos “não estão sujeitos a quaisquer mecanismos de regulamentação e supervisão, nem a uma autoridade reguladora central”.

Em razão da decisão, segundo o comunicado, as transações e pagamentos com criptomoedas teriam o potencial de apresentar perdas não recuperáveis ​​para as partes envolvidas.

O governo turco também manifesta o temor de que a crescente popularização de criptomoedas como meio de pagamento prejudique os métodos convencionais aprovados no país.

A proibição entrará em vigor no dia 30 de abril de 2021.

Turquia compra briga com criptomoedas

A Turquia tem reforçado o controle regulatório sobre criptomoedas recentemente. No início deste mês, as autoridades financeiras começaram a exigir que as plataformas de negociação de criptomoedas e bolsas fornecessem informações dos clientes.

A alegação é que que essas medidas estariam sendo tomadas para combater criminosos que utilizam ativos digitais para contornar as leis fiscais e financiar o terrorismo.

A notícia parece estar afetando negativamente os preços do Bitcoin (BTC) e do Ethereum (ETH). Nas últimas horas, as criptomoedas caíram mais de 3% cada.

Juros e inflação

A nova regra surge durante um período de agitação financeira na Turquia.

No mês passado, o BeInCrypto noticiou que o presidente da Turquia, Erdoğan, havia destituído o presidente do banco central do país, Naci Ağbal, em 22 de março.

As taxas de juros e a inflação também têm sido assuntos controversos na Turquia. Desde novembro de 2020, o banco central aumentou as taxas de juros de 10,25% para 19%. A Reuters também relata que “a inflação anual da Turquia subiu acima de 16% em março.”

Şahap Kavcıoğlu, o novo chefe do banco central, é um conhecido crítico das altas taxas de juros. No mês passado, ele desprezou a decisão do banco central de aumentar as taxas de juros, alegando que a decisão teria prejudicado a população.

Por causa disso, muitas pessoas no país começaram a abandonar a lira turca. De acordo com dados obtidos do Google Trends, o interesse pelo Bitcoin aumentou mais de 500% no mês passado, enquanto a lira despencou 15%.

O artigo Turquia proíbe pagamentos com criptomoedas em meio à inflação foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.