Mercado fechará em 2 h 46 min
  • BOVESPA

    118.485,14
    +1.104,65 (+0,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.732,22
    -394,29 (-0,87%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,49
    -0,28 (-0,53%)
     
  • OURO

    1.850,30
    -4,90 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    31.957,32
    -84,12 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    643,28
    -4,04 (-0,62%)
     
  • S&P500

    3.852,00
    -3,36 (-0,09%)
     
  • DOW JONES

    30.943,01
    -16,99 (-0,05%)
     
  • FTSE

    6.655,94
    +17,09 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.546,18
    -276,11 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.501,50
    +26,00 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5141
    -0,1221 (-1,84%)
     

Turquia planeja usar vacina da Sinovac antes do fim de ensaios

Firat Kozok
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Turquia planeja iniciar as vacinações contra a Covid-19 com o imunizante fabricado pela chinesa Sinovac Biotech já no mês que vem, antes de concluir os ensaios em humanos, disseram autoridades. O número de mortes diárias por coronavírus no país atinge novos recordes e a ocupação de leitos de terapia intensiva é cada vez maior.

O governo publicou uma mudança nos regulamentos que permite o novo cronograma.

Os chamados ensaios de fase 3, que incluem 12.500 pessoas, ainda não atingiram a marca intermediária e apenas serão concluídos em fevereiro, de acordo com um membro do Conselho de Ciência da Covid-19, um órgão de profissionais de saúde que assessora autoridades. A pessoa pediu para não ser identificada.

As vacinações serão realizadas com base nos resultados dos ensaios finais na Indonésia e no Brasil, bem como com “análises provisórias” na Turquia, disse uma autoridade do governo que falou sob anonimato. Nenhum efeito colateral grave foi observado com a vacina chinesa, disse a fonte.

A Agência de Medicamentos e Equipamentos Médicos da Turquia divulgou a alteração regulatória permitindo as vacinações.

Em “situações excepcionais” em que uma doença infecciosa ameace a saúde pública, vacinas que ainda não possuem “dados abrangentes sobre eficiência, segurança e qualidade” podem receber uma licença de uso emergencial, de acordo com a emenda publicada no Diário Oficial na sexta-feira.

A Turquia assinou um acordo para comprar 50 milhões de doses da vacina da Sinovac. Um carregamento inicial de 3 milhões de doses deve chegar antes do fim do ano, disse a autoridade do governo.

As mortes diárias pelo vírus atingiram recorde de 243 na quinta-feira. Quase dois milhões de casos foram registrados na Turquia, e a taxa de ocupação média de adultos em unidades de terapia intensiva no país chega a 74%.

Atualmente, há pelo menos seis vacinas contra a Covid-19 em ensaios clínicos de fase 3 no mundo todo. Esses estudos têm como objetivo comparar a segurança e a eficácia das vacinas em relação a um placebo.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.