Mercado fechará em 3 h 19 min
  • BOVESPA

    118.698,07
    -948,33 (-0,79%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.131,35
    +5,64 (+0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,11
    -0,20 (-0,38%)
     
  • OURO

    1.865,20
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    31.610,51
    -1.891,59 (-5,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    628,77
    -51,13 (-7,52%)
     
  • S&P500

    3.860,33
    +8,48 (+0,22%)
     
  • DOW JONES

    31.239,47
    +51,09 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.721,08
    -19,31 (-0,29%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.366,50
    +72,25 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5328
    +0,1248 (+1,95%)
     

Turquia e Grécia vão retomar negociações sobre disputa marítima no dia 25

·1 minuto de leitura
Navio turco de exploração Oruc Reis ancorado em 2019 em Istambul

Turquia e Grécia, dois membros da Otan, retomarão as negociações sobre suas diferenças relacionadas com a exploração de combustíveis no Mediterrâneo oriental em 25 de janeiro, anunciou nesta segunda-feira (11) o Ministério turco das Relações Exteriores.

"A 61ª sessão de discussões de sondagem ocorrerá em Istambul em 25 de janeiro de 2021", anunciou o ministério em um comunicado. Os diálogos foram interrompidos em 2016.

O anúncio ocorreu horas depois de a Turquia convidar a Grécia a dialogar este mês sobre esta antiga disputa sobre recursos energéticos no Mediterrâneo oriental.

Atenas afirmou que não havia recebido nenhum convite oficial de Ancara, mas se declarou disposta a retomar as conversas sobre a delimitação da plataforma continental e das zonas econômicas exclusivas.

Em dezembro, os chefes de Estado da União Europeia, reunidos em uma cúpula em Bruxelas, decidiram sancionar as ações "ilegais e agressivas" da Turquia no Mediterrâneo contra a Grécia e Chipre.

Na cúpula foram adotadas sanções individuais contra pessoas implicadas nas atividades de exploração que a Turquia realiza no Mediterrâneo oriental.

Estes trabalhos de exploração gasística, que a Turquia realiza em zonas marítimas disputadas com a Grécia e o Chipre, provocam tensos há meses.

A crise entre Atenas e Ancara se intensificou quando a Turquia mobilizou em agosto um navio de pesquisas sísmicas, o "Oruç Reis", nas regiões em disputa.

O barco retornou ao porto em novembro.

Nas últimas semanas, as autoridades turcas fizeram vários chamados ao diálogo com os europeus para tratar de temas espinhosos, como a disputa marítima que mantêm com a Grécia.

A UE, por sua vez, garante que deseja ter uma relação construtiva com a Turquia, baseada na cooperação e quer contribuir para a redução das tensões com Ancara, segundo a Comissão Europeia.

fo/pvh/jvb/eg/mvv