Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,24
    -0,11 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.818,80
    -10,90 (-0,60%)
     
  • BTC-USD

    37.029,79
    +140,76 (+0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    845,47
    -10,35 (-1,21%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    24.289,90
    +46,30 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    26.996,97
    -14,36 (-0,05%)
     
  • NASDAQ

    14.202,25
    +43,75 (+0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1054
    -0,0010 (-0,02%)
     

Turquia aperta controles para conter desvalorização da lira

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- Na luta para conter a desvalorização da lira, autoridades da Turquia estão monitorando investidores que compram grandes quantidades de moeda estrangeira e pediram que os bancos desestimulem clientes de usar o mercado à vista para transações de proteção cambial.

Most Read from Bloomberg

O banco central pediu que instituições financeiras informem sobre todas as compras de dólar de grande valor que possam impactar negativamente o mercado, segundo pessoas familiarizadas com o assunto, que pediram anonimato porque a informação não é pública.

Autoridades também pediram que os bancos aconselhem clientes corporativos a usar o mercado de futuros ou o mercado de NDF (non-deliverable forward ou contratos a termo de moeda sem entrega física) do banco central quando quiserem se proteger de potenciais perdas com a lira, segundo as fontes.

O banco central não quis comentar.

A lira se depreciou mais de 20% em relação ao dólar nas últimas duas semanas, pressionada por um ciclo de cortes agressivos nos juros que levou a inflação ao maior nível em duas décadas.

A desvalorização cambial ocorre apesar de uma série de medidas extraordinárias, incluindo pesadas intervenções pelo banco central no mercado.

As vendas de moeda pela autoridade monetária ajudaram a reverter a queda da lira em dezembro, mas as reservas líquidas do banco central desabaram de US$ 26,4 bilhões no final de novembro para apenas US$ 8,6 bilhões no mês passado.

Para conter a demanda desenfreada por euros e dólares pelos investidores locais, o governo introduziu um novo tipo de conta de depósito vinculada a moeda estrangeira e exigirá que os exportadores convertam um quarto das receitas em liras.

Pressionado pelo presidente Recep Tayyip Erdogan, o banco central cortou a taxa básica de juros em 5,00 pontos percentuais no ano passado.

Enquanto a maioria dos economistas pede que o banco central suba os juros para restaurar a confiança na moeda local, o presidente prometeu que a Turquia não aumentará o custo dos empréstimos.

Erdogan afirma que quer livrar o país da dependência do capital estrangeiro de curto prazo, que entra quando os juros estão altos, além de reestruturar a economia por meio do aumento das exportações. Ele acredita que o juro alto estimula a inflação em vez de esfriar o avanço dos preços.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos