Mercado fechará em 1 h 14 min
  • BOVESPA

    108.404,67
    +1.737,02 (+1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.738,19
    -494,01 (-0,93%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,24
    +1,81 (+2,12%)
     
  • OURO

    1.843,10
    +30,70 (+1,69%)
     
  • BTC-USD

    42.066,14
    +450,46 (+1,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    998,12
    +3,37 (+0,34%)
     
  • S&P500

    4.591,59
    +14,48 (+0,32%)
     
  • DOW JONES

    35.396,91
    +28,44 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.589,66
    +26,11 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.286,25
    +80,25 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2013
    -0,1058 (-1,68%)
     

Turistas espaciais japoneses voltam à Terra após 12 dias na ISS

·3 min de leitura

O bilionário Yusaku Maezawa, seu assistente de produção Yozo Hirano e o cosmonauta Alexander Misurkin, da agência espacial russa Roscosmos, retornaram à Terra após 12 dias na Estação Espacial Internacional (ISS). Os turistas espaciais e o cosmonauta viajaram a bordo da nave Soyuz MS-20, que pousou no Cazaquistão por volta das 00h13 (horário de Brasília) desta segunda-feira (20).

Não houve transmissão da descida e pouso da cápsula e, de acordo com os oficiais russos, as condições climáticas dificultaram o acesso de helicópteros à região onde eles desceram. Felizmente, tudo correu bem e as equipes de recuperação puderam alcançá-los, ajudando o trio a sair do interior da nave em segurança. Eles mostraram um bom estado de saúde e seguiram para fazer exames médicos.

Geralmente, as naves Soyuz retornam trazendo tripulantes que passaram pelo menos seis meses na estação. Devido ao período prolongado, eles costumam precisar de um tempo para se adaptar novamente à gravidade da Terra. Contudo, como o trio chegou à estação no dia 8 de dezembro e ficou somente 12 dias por lá, eles não pareceram ter problemas de mobilidade. Mesmo assim, eles ainda devem passar por procedimentos de reabilitação.

Juntos, Misurkin, Maezawa e Hirano ajudaram a estabelecer um novo recorde para a maior quantidade de pessoas no espaço de uma só vez. Além dos três tripulantes da Soyuz MS-20, haviam ainda os sete astronautas da Expedição 66 na ISS, os três taikonautas da missão Shenzhou-13, a bordo da estação espacial chinesa e, por fim, os seis turistas que voaram com a missão New Shepard-19, da Blue Origin.

Como foi a missão dos turistas espaciais japoneses

Maezawa tem 46 anos, é CEO da Start Today e fundador da ZOZO, um negócio online de roupas vendido para o Yahoo! Japão. Em 2018, ele pagou uma quantia significativa (mas não revelada) à SpaceX para a missão dearMoon, em que ele orbitará a Lua junto de artistas convidados a bordo do foguete Starship, da empresa. Já Hirano era da equipe de fotografia na ZOZO, e hoje atua como produtor de vídeos na Start Today.

O voo deles foi negociado através da Space Adventures, a única empresa que leva clientes à ISS hoje em dia. Mesmo antes do lançamento da missão, Maezawa compartilhou um pouco de sua jornada através de uma série de vídeos curtos, que foram editados por Hirano e publicados em seu canal no YouTube. Depois, quando chegaram à estação, eles publicaram 14 vídeos de assuntos diversos, que iam de “moda no espaço” a “comer salgadinhos na microgravidade”.

Os vídeos foram filmados em japonês e alcançaram milhões de visualizações — o de maior alcance, onde Maezawa explica como continuará contribuindo financeiramente com quem o segue nas redes sociais, passou das 6,6 milhões de visualizações. “Se acontecer de você ser rico, e rico como eu, acredito que você deve contribuir mais e mais”, disse, acrescentando que prefere destinar o dinheiro diretamente a pessoas, ao invés de organizações.

Além de seu trabalho com os vídeos, Hirano participou de um experimento de saúde realizado em parceria com o Baylor College of Medicine, para estudar os efeitos dos voos espaciais no corpo humano. A ideia era examinar como pessoas de diferentes históricos e condições físicas respondem à viagem espacial através de dados biomédicos de Hirano, coletados antes e depois do pouso, taxa de batimentos cardíacos, saturação de oxigênio, entre outros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos