Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.855,77
    +334,87 (+1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Turbulência global reacende demanda por dólar como refúgio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- O dólar é novamente o queridinho dos estrategistas e investidores no mercado de câmbio internacional - mas desta vez, por razões que vão além das fronteiras dos EUA.

A desaceleração econômica e lockdowns na China, a decisão da Rússia de usar suas exportações de gás natural para retaliar aliados da Ucrânia e o compromisso do Japão com taxas de juros baixas recordes levaram outras moedas ao seu nível mais fraco em relação ao dólar em anos.

A amplitude dessa turbulência geopolítica restaura o status do dólar como um refúgio e amplia ganhos vistos no início deste ano, quando traders se voltaram para os EUA com expectativas de taxas de juros crescentes do Federal Reserve.

Na quinta-feira, um indicador do dólar contra as principais moedas atingiu o nível mais forte desde 2002, impulsionado por uma onda de demanda pela moeda de reserva do mundo, antes que interrompesse um rali de sete dias ao cair em relação a seus pares.

“É uma tempestade perfeita a favor do dólar”, disse Tom Fitzpatrick, estrategista-chefe técnico de câmbio do Citigroup. “No momento, é a melhor casa em um quarteirão ruim.”

O rali do dólar, mesmo diante do aumento da inflação nos EUA, um mercado de ações instável e especulações de que os aumentos de juros podem desencadear uma recessão, parece seguir a teoria do “sorriso do dólar” desenvolvida por Stephen Jen, executivo-chefe da Eurizon.

Esse modelo prevê que o dólar avançará no mercado internacional em dois cenários opostos: quando a aversão ao risco alimentar a demanda pelos ativos mais seguros, ou quando o crescimento dos EUA superar o resto do mundo. Huw Roberts, chefe de análise da Quant Insight, disse que é o lado de refúgio da equação que predomina agora.

“Os mercados estão preocupados e procurando refúgios seguros”, disse ele.

Este mês, o dólar avança contra todas as suas principais contrapartes, principalmente o iene, que atingiu uma baixa de 20 anos em relação à moeda americana na quinta-feira.

O ICE U.S. Dollar Index também subiu para uma máxima de duas décadas, enquanto o índice do dólar da Bloomberg caminha para seu maior ganho mensal desde 2012.

Nem todos estão convencidos de que os ganhos serão sustentados por muito mais tempo.

Aaron Hurd, gerente sênior de portfólio da State Street Global Advisors, espera por um “ponto de inflexão” em maio ou junho, em parte devido ao movimento esperado do Fed de começar a retirar o apoio ao mercado de títulos dos EUA ao não comprar novos títulos quando os velhos vencerem.

“É mais interessante só esperar o momento de vender”, disse ele. “Penso nisso como os estágios finais – como a fase de pico – do mercado de alta do dólar, que tecnicamente começou por volta de julho de 2011.”

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos