Mercado fechará em 4 hs

Tumblr vai bloquear conteúdos adultos no iOS para evitar problemas com a Apple

·3 min de leitura

O Tumblr decidiu bloquear páginas classificadas como indicados para maiores de 18 anos para usuários do aplicativo no iOS. Quem tentar acessar esse tipo de blog receberá um pop-up como uma mensagem com explicação de que a restrição foi feita pelo conteúdo ser "potencialmente sugestivo ou explícito", o que violaria as políticas de conteúdo da Apple.

O app ressaltou que certas postagens serão ocultadas na função de pesquisa e nos painéis do usuário, que mostra publicações recomendadas e o que outras pessoas seguem. Isso foi necessário para que o programa se mantivesse na loja de apps da Maçã, restritiva quanto a conteúdos consideráveis sensíveis.

Essa é a mensagem que os usuários devem se deparar ao acessar tags banidas do Tumblr no iOS (Imagem: Reprodução/Tumblr)
Essa é a mensagem que os usuários devem se deparar ao acessar tags banidas do Tumblr no iOS (Imagem: Reprodução/Tumblr)

Alguns usuários haviam desenvolvido uma lista não oficial de tags para tentar burlar o bloqueio, mas o Tumblr precisou proibi-las para fazer cumprir as políticas do iOS. Termos como pornografia, drogas e sexo já eram restritos naturalmente, mas há outros termos curiosos que entraram para o rol de banimento como "Tony the Tiger”, “Eugene Levy” e os números 69 (relacionado a sexo) e 420 (referência à maconha).

Muita gente busca o Tumblr como forma de abordar anonimamente suas experiências com o mundo, desde coisas corriqueiras até uso de drogas ou prostituição. Mesmo que as páginas não tenham nenhuma publicação criminosa, é provável que as pessoas não as vejam mais nos dispositivos da Apple por causa da restrição.

Várias tags relacionadas ao stimming — movimentos corporais repetitivos que estimulam um ou mais sentidos, de maneira regulada —, prática comum adotada por pessoas autistas para enfrentamento da doença, foram proibidas juntamente com termos como "depressão", "PTSD" (Transtorno de estresse pós-traumático) e "bipolar".

Conteúdo adulto e sexual é proibido no Tumblr

O Tumblr foi removido da App Store em 2018 por conter material de abuso sexual infantil, o que obrigou os desenvolvedores a criar tecnologias de filtragem para evitar coisas desse tipo. Um mês depois, a plataforma decidiu banir todo conteúdo pornográfico ou sexualmente explícito, fato que reduziu em quase 29% o tráfego mensal da plataforma.

Quando baniu conteúdo adulto, a audiência do Tumblr caiu, mas se manteve na mesma média (Imagem: Reprodução/SimilarWeb)
Quando baniu conteúdo adulto, a audiência do Tumblr caiu, mas se manteve na mesma média (Imagem: Reprodução/SimilarWeb)

Desde então, o programa luta para eliminar conteúdos negativos e conseguir se manter na loja da Apple. Tags ditas como "proibidas" são banidas de tempos em tempos e deixam usuários com cada vez menos opções para divulgar seus conteúdos. A plataforma pretende revisar a lista de tags que não podem ser acessadas via iOS em janeiro, mas sem previsão de quando pretende finalizar nem se alguma pode voltar ao ar.

Segundo o app, os desenvolvedores trabalham em um sistema de alternância para permitir que as pessoas decidam se querem ou não ver os conteúdos escondidos no programa. Podem estar nos planos o desenvolvimento de um algoritmo — inexistente nos dias atuais — que permita uma pesquisa além das tags, como ocorre em plataformas maiores como TikTok, Twitter, YouTube e Instagram, mas não há nada confirmado ainda

Por enquanto, o Tumblr segue nesse limbo, tentando se equilibrar entre as políticas restritivas e o alcance na web. Em ambos os casos, as dificuldades são imensas, mas os criadores, poucos e fervorosos, devem continuar a desenvolver conteúdos para manter a audiência engajada, mesmo que para isso tenham que usar tags alternativas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos