Mercado fechará em 2 h 55 min
  • BOVESPA

    107.729,60
    -793,87 (-0,73%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,53
    -0,86 (-1,17%)
     
  • OURO

    1.879,20
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    23.036,54
    -70,21 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    529,12
    +3,98 (+0,76%)
     
  • S&P500

    4.114,13
    -22,35 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    33.825,80
    -100,21 (-0,30%)
     
  • FTSE

    7.825,53
    -76,27 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    21.222,16
    -438,31 (-2,02%)
     
  • NIKKEI

    27.693,65
    +184,19 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    12.547,25
    -76,75 (-0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5720
    +0,0335 (+0,60%)
     

Tumblr atualiza diretrizes e volta a permitir nudez na plataforma

Tumblr volta a permitir nudez na plataforma (Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Tumblr volta a permitir nudez na plataforma (Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Conteúdo deverá ser propriamente classificado através de tags;

  • Nudez foi proibida em 2018 após casos polêmicos de abuso infantil;

  • Pornografia explícita permanece proibida na plataforma.

Agora é oficial, o Tumblr voltou a permitir nudez em sua plataforma. Em 2018 a empresa começou a proibir a publicação de conteúdo adulto, após associações de contas na rede social à materiais com abuso infantil, o chegou a levar a Apple à excluir a rede social de sua loja de aplicativos.

“Estamos dando o próximo passo [na nova política]: agora permitimos uma gama mais ampla de expressões, criatividade e artes no Tumblr, incluindo conteúdo que retrata a forma humana (sim, isso inclui a forma humana nua)”, disse a rede.

A rede social baseada em imagens é diferente de todas as que existem atualmente. Nela, apesar de ser possível realizar publicações de texto, existe uma preferência pela publicação de fotos e imagens e seus compartilhamentos.

Sua forma de publicação é um misto entre os blogs e o microblogging, como o Twitter. Em uma página de perfil personalizada, os usuários podem criar um feed com suas publicações, geralmente imagens, denotando sentimentos, artes, fotos e nudez.

Um estudo da Forbes realizado em 2018, na época da proibição, destacou que apenas 1% dos usuários produziam conteúdos pornográficos na rede. No entanto, o público que consumia essa categoria chegava a 25% dos usuários do site.

A publicação desse tipo de conteúdo deverá seguir critérios muito específicos. Em setembro deste ano a rede modificou o uso dos rótulos, ou "tags", dando maior importância para a categorização das publicações.

A partir de agora, todo conteúdo com nudez deverá ser devidamente classificado, de modo que apenas usuários que aceitem ver essas imagens as recebam em seu feed. A empresa ressaltou ainda que imagens e vídeos de sexo explícitos permanecem proibidos.