Mercado fechado

Novo super processador Qualcomm para celular: conheça o Snapdragon 865

Adriano Ponte

Com foco em 5G em cada minuto da apresentação, a Qualcomm iniciou seu encontro anual de tecnologia, o Qualcomm Snapdragon Summit, em Maui (Havaí), anunciando seus novos processadores para 2020, com diversas fabricantes parceiras seguindo o momento para demonstrar que não ficaram atrás e que já contarão com os novos chips logo no ano que vem. Estivemos presentes no evento e, abaixo, você descobre tudo o que aconteceu por lá.

Mais um ano falando sobre 5G

(Foto: Qualcomm)

A Qualcomm reservou um tempo considerável para reexplicar o 5G, indo desde como as velocidades serão potencializadas em todos os dispositivos possíveis para até como os diferentes tipos de métodos para transmissão do 5G irão potencializar inicialmente o 4G também, afinal há possibilidade de compartilhar equipamentos e sinais para parte das operações de atualização das coberturas móveis pelo mundo.

Num segundo momento os equipamentos de transmissão dedicados (e com comprimentos de onda voltados para o 5G de alta-performance) devem concluir a cobertura no nível máximo que a tecnologia tem para as previsões atuais, sendo um indicativo que ainda teremos muitos saltos no protocolo 5G (melhor alcance, mais velocidade e tempo real) até que ele se torne um padrão completamente entendido e adotado pelo mundo.

Naturalmente, todo esse enredo de 5G nos leva até os chips novos anunciados.

Snapdragon 865, 765 e 765G

Começando pelo chipset Snapdragon 765, temos a chegada de uma atualização na linha de processadores de alta potência da Qualcomm que mantém os pés no chão na hora de tabelar os preços. Segundo a empresa, a atualização presente neste modelo oferece performance e recursos de inteligência artificial acima dos topos de linha de chips concorrentes, porém não forneceu informações mais detalhadas sobre como isso ocorre.

O modelo “gamer” do chip, o 765G, apenas foi citado como confirmado até o momento.

Da mesma forma vaga, o Snapdragon 865 foi anunciado, completando as afirmações de poder de processamento e inteligência artificial feitas sobre o modelo mais acessível, o 765. O foco de tudo é dar a sentença chave de que todas as experiências passadas no Snapdragon 855 foram melhoradas e que, agora, conta com 5G totalmente compatível com todas as implementações de 5G que existem e que estão iniciando sua existência no mercado.

Ou seja: o foco é que a plataforma 865 entregue games “ao nível do computador” com conectividade da nova geração, sendo híbrida (nas transmissões atuais de 4-5G) ou dedicada (como deverá predominar nos próximos anos), tudo suportado pelo modem presente no Snapdragon 865.

A maior parte desse suporte 5G está presente no chip menor, o 765, porém a ampla compatibilidade de forma completa fica por conta apenas do 865 nesse momento. Algo fora do assunto 5G que pode acabar ofuscado pela temática repetitiva é a modularidade dos chips novos anunciados, permitindo construções mais variadas pelas fabricantes, bem como a capacidade geral dos chips de operar.

Outro item: além de tudo citado, vale lembrar que o processamento de imagens (fotos, vídeos) produzidos pelos smartphones depende da capacidade e suporte dos chipsets, sendo essa temática interessante na nova geração. A Qualcomm espera ver aparelhos com capacidade para fotos de 200 megapixels com a capacidade dos novos processadores, dando possibilidades de zoom, qualidade e outros itens num nível inesperado para boa parte dos usuários. Se alguma fabricante vai aproveitar de fato esse potencial todo, fica a dúvida para o ano que vem. E falando nele...

Smartphones com 5G em 2020

(Foto: Adriano Ponte/Canaltech)

A Qualcomm espera 1,4 bilhões de smartphones equipados com 5G operando até 2022, sendo essa previsão bem auxiliada pelas fabricantes “com urgência” em anunciar de imediato suas intenções para o ano que vem.

No Snapdragon Summit, fizeram parte dos anúncios: Xiaomi (que foi direta ao ponto, anunciando oficialmente o Mi 10 com Snapdragon 865, sem mais dados para o momento, dando apenas a mensagem de que “mais de dez aparelhos Xiaomi com 5G chegarão em 2020), Motorola (que deve trazer mais dobráveis e modelos 5G ao longo de 2020), OPPO (que afirmou o uso do 865 em seu próximo topo de linha), Nokia HMD (que deverá trazer modelos intermediários com os novos chips Qualcomm em 2020).

O que temos até o momento?

Um novo Snapdragon topo de linha, com o dobro de operações por segundo que seu antecessor 855, acompanhado pelo Snapdragon 765 e 765G, dois modelos que devem levar o 5G para aparelhos intermediários premium.

Mais detalhes serão comentados nos próximos dias de convenção, tanto sobre os chips quanto outros anúncios por parte da Qualcomm e suas parcerias.

*O editor viajou ao Havaí a convite da Qualcomm para conferir os anúncios do Summit deste ano, então fique ligado aqui para mais novidades nos próximos dias.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: