Mercado abrirá em 5 h 14 min
  • BOVESPA

    130.091,08
    -116,88 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.908,18
    -121,36 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,51
    +0,39 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.860,90
    +4,50 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    40.231,96
    -18,09 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.000,16
    -10,45 (-1,03%)
     
  • S&P500

    4.246,59
    -8,56 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.299,33
    -94,42 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.196,68
    +24,20 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    28.420,94
    -217,59 (-0,76%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    14.043,00
    +12,75 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1160
    -0,0019 (-0,03%)
     

Tuchel diz que Chelsea enfrentará Manchester City com confiança na final

·1 minuto de leitura
Liga dos Campeões - Chelsea vs Real Madrid

(Reuters) - O técnico do Chelsea, Thomas Tuchel, disse que o Manchester City, adversário de seu time na final da Liga dos Campeões, é o "modelo" da Europa, mas que sua equipe seguirá para a disputa do título em Istambul equipada com a confiança de que são capazes de vencer o elenco de Pep Guardiola.

Os gols de Timo Werner e Mason Mount levaram o Chelsea à decisão com o City. O clube se impôs ao 13 vezes campeão Real Madrid com uma vitória de 2 x 0 na partida de volta da semifinal em Stamford Bridge na quarta-feira e triunfou com um placar agregado de 3 x 1.

O Chelsea eliminou o City da semifinal da Copa da Inglaterra com uma vitória de 1 x 0, mas Tuchel disse que o resultado não necessariamente dá a vantagem ao seu time na final da Liga dos Campeões.

"Mas nos dá uma sensação boa, a confiança de que disputamos aquela semifinal no limite, que a usamos... para mim, Bayern de Munique e Manchester City são os modelos, e queremos diminuir a defasagem do City", disse Tuchel aos repórteres.

"Nesta partida da semifinal, nós o fizemos com um desempenho muito impressionante, e precisamos disso novamente. Isso nos deu fé e confiança em cada jogo depois daquilo, porque é o nível mais alto que se pode enfrentar".

Ex-treinador do Paris St Germain, Tuchel assumiu o lugar de Frank Lampard em janeiro e levou o Chelsea da nona à quarta colocação da liga inglesa.

"Tivemos grandes desafios no Campeonato Inglês, e saímos disso muito fortes e mostramos nossa mentalidade e qualidade em todas estas partidas", disse ele.

(Por Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447505)) REUTERS MPP