Mercado abrirá em 2 h 4 min

TSE tem sessão de 2 minutos que custa R$ 1 mil por ministro

Fátima Meira/Futura Press

Na noite da última terça-feira, 12, o Tribunal Superior Eleitoral bateu seu recorde de sessão mais rápida. Foram apenas 2 minutos e 45 segundos, que renderam a cada um dos ministros presentes uma bonificação chamada de “gratificação de presença”, o equivalente a R$ 1.012,89.

Dos sete ministros, apenas um não estava presente: Gilmar Mendes, que realizava uma viagem institucional.

As sessões do TSE, que acontecem nas terças-feiras à noite e nas quintas-feiras pela manhã, costumam ser curtas, durando menos de uma hora. Apenas em ocasiões especiais, como na terça-feira anterior, quando os ministros julgaram ações sobre Lula e Bolsonaro, candidatos à presidência, quando a sessão durou uma hora e quarenta minutos.