Mercado fechado

Trump oferece ajuda à China no combate ao coronavírus

Caio Rinaldi

“Estamos em conversas muito próximas com a China a respeito do vírus”, escreveu o mandatário americano em seu perfil do Twitter O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, revelou ter oferecido, nesta segunda-feira (27), apoio à China no combate ao coronavírus. “Estamos em conversas muito próximas com a China a respeito do vírus”, escreveu o mandatário americano em seu perfil do Twitter.

“Pouquíssimos casos relatados nos EUA, mas estamos firmes na vigilância. Oferecemos à China e ao presidente Xi Jinping qualquer ajuda que seja necessária”, afirmouTrump.

Initial plugin text

Segundo o jornal "The New York Times" e a emissora CNN, já foram confirmados cinco casos nos EUA: um homem no Estado de Washington, uma mulher em Chicago, duas pessoas na Califórnia e uma no Estado do Arizona. Na manhã desta segunda, a contagem oficial indicava 2.800 casos confirmados e 81 mortes.

Especialistas, entretanto, avaliam que o número de casos pode ser muito maior. O epidemiologista Gabriel Leung, da Universidade de Hong Kong, estima 44 mil casos até o momento.