Mercado fechará em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    109.753,35
    -32,95 (-0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.457,98
    -278,50 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,42
    +0,51 (+1,14%)
     
  • OURO

    1.808,80
    +4,20 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    19.011,14
    -255,50 (-1,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    377,66
    +7,15 (+1,93%)
     
  • S&P500

    3.620,00
    -15,41 (-0,42%)
     
  • DOW JONES

    29.818,93
    -227,31 (-0,76%)
     
  • FTSE

    6.387,16
    -45,01 (-0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.121,75
    +45,75 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3500
    -0,0469 (-0,73%)
     

Trump não reconhece vitória de Biden e diz que ganhou com “71 milhões de votos legítimos”

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
U.S. President Donald Trump gestures after signing executive orders for economic relief during a news conference amid the spread of the coronavirus disease (COVID-19), at his golf resort in Bedminster, New Jersey, U.S., August 8, 2020. REUTERS/Joshua Roberts     TPX IMAGES OF THE DAY
(Foto: Reuters)

O presidente Donald Trump fez a primeira postagem após o anúncio da vitória de Joe Biden. Como já é de praxe, ele usou letras maiúsculas para denunciar uma suposta fraude no pleito americano.

Trump disse que os observadores não tiveram acesso a salas de contagem de votos, que pessoas receberam cédulas de votação, mesmo sem ter pedido, e que venceu disputa com “71 milhões de votos legítimos”.

O Twitter incluiu um aviso na postagem dizendo que esta reclamação sobre a fraude eleitoral é contestada. Ou seja, o conteúdo não é confiável.