Mercado fechado

Trump indica que desistiu de acordo sobre pacote antes das eleições

Valor
·1 minuto de leitura

Esperanças de avanço na negociação fosse possível já haviam sido praticamente enterradas ontem, após uma reunião entre Pelosi e o secretário do Tesouro O presidente dos EUA, Donald Trump, indicou hoje que desistiu de tentar um acordo com os democratas para aprovar um novo pacote de estímulos à economia antes das eleições, marcadas para a próxima terça-feira. Antes de partir para viagens de campanha, Trump voltou a culpar a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, pela falta de entendimento nas negociações. “Teremos o melhor pacote de estímulo que já foi visto após a eleição”, disse ele brevemente a jornalistas. Trump em comício da campanha presidencial em Michigan - EUA, eleições, presidente AP Photo/Carlos Osorio Mais cedo, no Twitter, Trump repetiu a acusação de que Pelosi está usando a pandemia para garantir recursos para cidades mal administradas por aliados democratas. “Ela não tem nenhum interesse em ajudar as ‘pessoas’”, escreveu o presidente. As esperanças de que um acordo fosse possível já haviam sido praticamente enterradas ontem, após uma reunião entre Pelosi e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, terminar sem acordo. Após a aprovação da indicação de Amy Comey Barrett para a Suprema Corte à noite, o Senado entrou em recesso pré-campanha eleitoral, o que diminuiu ainda mais as chances de qualquer pacote ser aprovado antes da próxima terça-feira. Analistas também avaliam que, em caso de vitória de Joe Biden, que lidera as pesquisas nacionais e nos principais Estados-chave para as eleições, os democratas devem esperar a posse de seu aliado, em janeiro, para discutir um novo pacote com os republicanos.