Mercado abrirá em 3 h 48 min

Trump determina retirada de parte das tropas americanas da Alemanha

Dow Jones Newswires

Segundo fontes, contingente militar americano na Alemanha poderia cair de 34,5 mil para 25 mil O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, determinou que o Pentágono reduza o contingente militar americano na Alemanha até setembro. Segundo fontes do governo, o número de membros das Forças Armadas dos EUA no país poderia cair de 34,5 mil para 25 mil.

A medida estabelecerá um teto máximo para a quantidade de soldados americanos na Alemanha. Em momentos de deslocamento ou participação em treinamentos, o número de militares no país chegava a 52 mil.

O Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos

Pixabay

As mudanças constam em um memorando assinado pelo conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Robert O’Brien, disseram fontes do governo.

Uma delas afirmou que a medida está sendo discutida desde setembro e não tem relação com a decisão da premiê da Alemanha, Angela Merkel, de não participar da cúpula do G-7 que Trump pretendia organizar no fim de junho.

No entanto, a medida ocorre em um momento de tensão nas relações entre os dois países, em parte por causa das exigências dos EUA para que a Alemanha eleve seus gastos militares.

Richard Grenell, que recentemente deixou o cargo de embaixador em Berlim para ser nomeado como Diretor Nacional de Inteligência, pressiona há muito tempo por uma redução da presença militar americana na Alemanha em meio às queixas de que Merkel não está gastando o suficiente para proteger seu país.

O Ministério da Saúde da Alemanha prometeu no ano passado cumprir a meta da Otan de gastar 2% do Produto Interno Bruto (PIB) em defesa, mas a data prevista para que esse objetivo seja atingido é 2031.